Método da Vocação, criado por Lu Lebel. E exemplo.

Quem está em dúvida sobre qual carreira seguir, que vocação tem, quais talentos possui, para qual trabalho direcioná-los e o que pode estar bloqueando a expressão de seus dons, eis um MÉTODO de TAROT apropriado para responder esses questionamentos. É o MÉTODO DA VOCAÇÃO, criado pela LU LEBEL.

OBS.: eu entrevistarei vários Tarólogos e Tarólogas que admiro. E publicarei aqui no Blog, semanalmente ou quinzenalmente. E a Lu Lebel é uma delas. Para quem quiser conhecer o trabalho dela, a Lu possui o seguinte blog e tem esta comunidade de Tarot no orkut.

No MÉTODO DA VOCAÇÃO, as Casas se distribuem desta forma:

CASA 1—————–CASA 2
———-CASA 5————
CASA 4—————- CASA 3

Os significados das Casas são estes:

Casa 1: qual habilidade natural, dom ou talento eu já carrego?


Casa 2: Em que tipo de profissão ou direção eu posso utilizar esses dons?


Casa 3: o que atrapalha o desenvolvimento de minha vocação?


Casa 4: o consulente frente a sua vocação: como ele se comporta?


Casa 5: conselho final.

Como nunca havia jogado este Método para mim, resolvi experimentar. Saíram os seguintes pares de Arcanos:

CASA 01: julgamento/9 de copas
CASA 02: papa/pajem de paus
CASA 03: força/2 espadas
CASA 04: louco/rei copas
CASA 05: roda da fortuna/rainha de copas

Fiz a interpretação desses pares de Arcanos, de acordo com os significados de cada Casa – memo sem saber direito como abordar especificamente cada uma dessas cinco Casas.

Porque fiquei sabendo desse MÉTODO no Curso que fiz com minha professora de Tarot (a LUCIENE FERREIRA) no primeior semelstre deste ano de 2010. No curso TÉCNICAS AVANÇADAS DE TARÔ, a Luciene nos informou sobre este MÉTODO DA VOCAÇÃO. Disse que fora criado pela Lu Lebel. Porém, ela não encontrara explicações mais detalhadas sobre a abordagem de cada Casa.

Foir por isso que publiquei na comunidade do Orkut da Lu Lebel o jogo que fiz, as interpretações e pedi para ela me detalhar melhor os meandros do MÉTODO DA VOCAÇÃO.

Eu fiz as seguintes interpretações:

Casa 01 (qual a habilidade natural, dom ou talento eu já carrego) – julgamento/9 de copas: seria o talento de resgastar as coisas e mostrá-las, com responsabilidade e maturidade, o quanto são importantes? O que até então não era percebido? E o quanto podem gerar um senso de gratidão e satisfação?

Casa 02 (em que tipo de profissao ou direção eu posso utilizar isso) – papa/pajem de paus: a direção seria a do ensino, da transmissão do saber, principalmente através de meios de comunicação (já que pajens têm muito a ver com notícias, cartas, emails) que apresentassem esse saber de uma forma nova, inspirada e expansiva?

Casa 03 (o que atrapalha o desenvolvimento de minha vocação) – força/2 de epsadas: seria a dificuldade em ser bastante determinado a superar os desafios, principalmente conflitos internos e também em não deflagrar conflitos e oposições paralisantes?

Casa 04 (o consulente frente a sua vocação: como ele se comporta) – louco/rei de copas: eu me comporto de maneira diferente, ousada, aventureira, original, excêntrica e de modo bem maduro emocionalmente, como um terapeuta?

Casa 05 (conselho final) – roda da fortuna/rainha de copas: aprenda a lidar com os altos e baixos, as instabilidades que envolvem sua vocação, e saiba se adaptar às mudanças muitas vezes inesperadas que tal vocação lhe trará, pois isso lhe trará muita satisfação emocional e segurança?

PERGUNTEI PARA A LU LEBEL: Os significados das Casas são estes mesmos, Lu? Adequei corretamente os Arcanos aos significados de cada Casa? Há algo a ser corrigido? Eu considero este MÉTODO muito ÚTIL, pq tem muita gente perdida sem saber quais talentos tem.

LU LEBEL respondeu:

Oi, Yub! Muito obrigado, esse método tem feito sucesso, acho que cada vez é mais dificil para as pessoas conciliar sua sobrevivencia e aquilo que é o seu talento, ou prazer…por isso fica todo mundo muito confuso.

vou colocar aqui o método completo com a explicação das casas.

CASA 1-Qual habilidade natural, dom ou talento eu já carrego?
Saber caracterísitcas pessoais que a pessoa têm que podem ser úteis para sua realização. Há pessoas que tem habilidade para o cálculo, outros para relações humanas, outras para música, artes, enfim…dependendo da carta, vc pode detectar este dom ou talento congênito.

julgamento/9 de copas: com certeza sua interpretação faz todo sentido. O julgamento é uma carta boa no trato com pessoas, lidar com coisas grandes, que envolvem o coletivo. Então, uma pista, é que vc tem habilidade para trabalhar com coisas grandes, que não fica intimidado, com o 9 de copas, vc gosta da galera! E precisa ser algo que realmente o inspire, porque o julgamento é a carta do Chamado lá do alto. De vez em quando, vc pode ter a sensação de que veio cumprir uma missão espiritual, pode estar sempre cavando algo para ler e pensar. E tudo com muita animação, parece que vc curte uma festa, de espalhar alegria, doar-se emocionalmente nas coisas. O 9 de copas pode também falar do contato com o prazer das coisas boas, o que pode incluir uma boa comida, um bom vinho…rsrs Outro aspecto da carta é o seu lado “arqueológico”, pode mostrar uma habilidade para alterar eventos passados e transformar em coisas positivas. Interesse pelo mundo antigo, quebras-cabeças, desvendar o que está escondido, desenterrar algo e compreender . Agora, pode ser que quando algo esgote a fonte do prazer, vc já vire o disco e busque outra coisa.

CASA 2- Em que tipo de profissão ou direção eu posso utilizar isso?
Unir a habilidade natural junto à profissão, ou concretização.

PAPA/PAJEM DE PAUS: Com o papa, vc daria um terapeuta, um professor incentivador, conselheiro, orientador. Efetivamente, vc tb tem habilidade para fazer trabalhos de motivação, qualquer coisa que envolva um desafio, entusiasmo, um convite a aventura. Tem que ter um agito. É um bom incentivador, poderia ser até um treinador de alguma atividade física, ou trabalhar na educação de crianças. Guia em aventuras, descobertas, não sei pq eu pensei em escoteiros…rs O papa pode ser um organizador de nobres valores. Com sua habilidade natural do julgamento e 9 de copas, com a direçao papa + valete de paus, vc pode trabalhar com eventos, coisas ligadas a espiritualidade, psicologia. O 9 de copas pode falar de trabalhos que trabalham tb com relaxamento, diversão e quem sabe culinária…se não para fazer, para comer. hahaha

CASA 3- O que atrapalha o desenvolvimento de minha vocação?
São os obstáculos, se falta mais estudo, mais dinheiro, mais tempo, enfim…o que sair nas cartas. Pode também falar aqui, o que pesa mais. Muita vezes, as pessoas abrem mão de seus dons e talentos, pq precisam ganhar dinheiro, ou para suprir expectativas dos outros, acabando por fazer o que não gostam. Isso tb pode-se ver com essa pergunta.

FORÇA/2 DE ESPADAS:
Bom, a força e o 2 de espadas já implicam em contradição. Como pelas cartas vc parece movido por novidades, estímulos e desafios, talvez vc possa oscilar entre os caminhos que a razão diz que é seguro, estável, e seus impulsos emocionais. Acaba ficando meio indeciso algumas vezes, em um cabo de guerra interno, que te puxa para um lado e para outro. Uma hora tá cheio de coragem, em outra dá para trás. O 2 de espadas pede da necessidade de criar sociedades, acordos e mantê-los. Porém, evite pressionar demais os outros, a carta da força pode errar na mão.

CASA 4- O consulente frente a sua vocação?
Ele aceita? Já a descobriu? Desconfia já daquilo que é melhor?etc…Aqui diria o como a pessoa está reagindo frente ao seu potencial.

LOUCO/REI DE COPAS: Olha, algumas vezes pode parecer que vc não se leva muito a sério. O louco aqui pode trazer originalidade e um caminho de liberdade, mas algumas vezes cria uma confusão danada e lida com o seu talento de um modo meio displicente. Aqui me parece um pouco o problema de quem trabalha com doaçao para os outros, que é o ombro amigo, o conselheiro…pode ser bom para resolver a questão dos outros, mas é meio atrapalhado quando é para lidar com o próprio lado. Tenho a impressão que vc conhece alguns de seus dons, mas pode ainda haver mais! Use sua carta do julgamento, pode ter outros tesouros enterrados, até de vidas passadas! Não só desenterrar o dos outros, mas os seus que podem estar ainda inconscientes! Vc pode se surpreender. O louco pode desvalorizar alguns dons por um comportamento as vezes rebelde e imaturo, de não querer ficar preso a uma responsabilidade, agir de um modo meio esquivo ou bobo.

CASA 5- Um conselho final.
Uma guia mais imediato, sobre o que fazer a seguir, a partir do momento do jogo.
Não sei que cartas tirou, imagino que a roda da fortuna…e alguma boa carta de copas… (NOTA DO YUB: esqueci de dizer qual o par de Arcanos saiu na Casa 5 quando escrevi para a Lu em sua comunidade no orkut)
Beijãozão nocês…
Yub