A chave da riqueza no Mapa Astral!

Como eu escrevo bastante sobre co-criação, abundância e prosperidade no meu primeiro blog http://www.yub-universosimbolico.blogspot.com/, vira e mexe eu recebo um e-mail de pessoas dizendo que nunca ficarão ricas “por causa que tem tal posicionamento astrológico em seu Mapa Natal.”
E isso não existe. Não existe posicionamento de riqueza nem de pobreza no Mapa Astral. Eu compreendo quando as pessoas dizem que não serão ricas porque têm Áries na Casa 2 e Marte em Aquário na Casa 12, por exemplo. Eu já pensei assim. Eu acreditava que existia certos Mapas que mostravam que determinada pessoa seria rica ou pobre.
Com a prática, enxerguei um detalhe que mudou esse paradigma. Eu vi que quando a pessoa vive o potencial de seu Mapa Natal, principalmente no que tange a expressar a dinâmica do Signo que está na Casa 2 e a do posicionamento por Signo-Casa e Aspecto do regente dessa Casa 2, ela tem tudo para enriquecer.
Por exemplo: Uma pessoa tem Libra na Casa 2. Ela tem o dom (Casa 2) de trabalhar (Casa 2) com pessoas (Libra), se relacionando ou buscando unir várias pessoas, ideias e ambientes aparentemente divergentes (Libra). O regente, Vênus, suponhamos que está na Casa 9, em Touro. Portanto, se ela valorizar (Vênus) sua capacidade de publicar (Casa 9) algo prático, esteticamente belo e produtivo (Touro), principalmente se puder fazer isso de um modo que expresse seu talento (Casa 2) de unir pessoas ou ideias aparentemente diferentes (Libra), ela conseguirá ganhar bastante dinheiro (Casa 2).
Então, se você coloca barreiras para os seus rendimentos financeiros através de uma justificativa astrológica (“porque tenho esse e aquele posicionamento no Mapa Natal e, por isso, nunca terei muito dinheiro”), procure averiguar se tal explicação não é uma crença autossabotadora de sua parte no que tange a ser próspero financeiramente….
Digo sempre que quando a gente vive o que nosso Mapa Natal mostra, nós estamos no caminho da completude, de uma vida significativa e satisfatória. E, nesse processo, a riqueza faz parte.
Beijãozão nocê…
Yub