Você está aberto para se transformar ou apenas quer fazer as mudanças “cosméticas” em sua vida?

Roda Fortuna

Sabe quando você está insatisfeito com alguma área da sua vida? Ou mesmo com sua existência por inteiro?

E você se sente ansioso para realizar mudanças em sua vida? Fala que quer mudar, quer conhecer alguém, se casar, ter um filho, mudar de emprego, de casa, de cidade, iniciar um novo curso, viajar, morar sozinho, etc?

Então, você mergulha em trezentos cursos, leituras, estudos. Faz terapia, massagens, tratamentos alternativos. Participa de grupos espiritualistas ou religiosos. Enfim, se envolve num tanto de atividades. E acha que está mudando. Ou lá no seu eu mais profundo sabe que não está vendo mudanças efetivas em sua vida.

Sabe o que está fazendo? Mudanças “cosméticas” rsrs. ADOREI esse termo. Foi o que meu psicólogo me disse ontem na terapia.

Você sabe qual era o meu Arcano do Dia?

O que a Roda da Fortuna significa nas questões amorosas e cotidianas?

A Roda da Fortuna é um caso interessante. Quando ela sai no Templo de Afrodite para um relacionamento que está naquela fase do ficar, do se conhecer, do inicial namoro, ela apresenta a seguinte dinâmica.

A pessoa tem uma noite muito especial com a pessoa parceira. No outro dia, quando esperava por um telefonema, um novo contato ou encontro, NADA. Não há nem sinal de vida da pessoa parceira.

Então, a pessoa desanima. Acha que a relação não vai engrenar. Começa até a desistir. E, de repente, recebe um torpedo, um email ou uma ligação da pessoa parceira. Pronto! Reacende a expectativa, empolga-se novamente.

Assim, decidem marcar um novo encontro. Momentos antes dele ocorrer, algo ocorre – muitas vezes de forma inesperada. O carro dá defeito e impede a pessoa parceira de pegar a pessoa na sua casa. Aparece um outro programa para a pessoa parceira. Há algo fora do combinado, da rotina, do esperado que muda a situação de novo. O desânimo retorna.

E fica nisso. Um baita movimento de altos e baixos. E não há uma estabilidade na relação para aquela época em que o Templo de Afrodite abarca.

É por essa instabilidade que há a ANSIEDADE – atributo associado à Roda da Fortuna. Por conta dessas surpresas, desses inesperados, dessa falta de certeza, de garantia e de segurança que a pessoa fica a mil, ansiosa.

No que diz respeito às questões cotidianas, eu notei algo bacana na Roda da Fortuna. Saí com esse Arcano na sexta-feira passada. E tínhamos duas consultas. Uma com a pediatra homeopata de Sophia às 9:30h e outra com uma pediatra dermatologista às 11:10h.

O trânsito pela manhã aqui em BH está intragável. Por conta das obras na cidade e também pelo número cada vez maior de veículos. Sexta-feira então, é pior ainda. Porque muita gente vai de carro para o trabalho, a fim de sair após o serviço ou depois da faculdade.

E o que ocorreu? Chamamos o táxi por volta das 8:20h. A atendente falou que o veículo chegaria dentro de 5 minutos. Quando estávamos indo para a frente do prédio, toca o telefone. É a atendente dizendo que o táxi demoraria de 15 a 20 minutos para chegar.

Eu perguntei se chegaria com certeza. Ela disse que sim. Então, nem pensei em chamar outro. Mesmo porque, nesse horário, é raro encontrar um táxi nos pontos que costumamos ligar. Preferi esperar por este. Porém, o risco de atrasarmos consideravelmente era grande. Afinal, ele chegaria às 8:40h e teríamos um trânsito e tanto pela frente até chegar ao consultório da pediatra homeopata.

O táxi chegou. E aí vem a surpresa. O trânsito estava EXCELENTE!!! Fluiu. Foi rapidaço! Chegamos lá ainda com 10 minutos de antecedência.

Ou seja, quando achava que o táxi chegaria em determinado horário, não chegou. Demorou mais que o esperado.

Quando chegou, esperava que o trânsito estaria caótico e demoraria bastante. Não estava. Foi rapidaço!

Nessa gangorra entre demora e rapidez, eu percebi essa caráter COMPENSATÓRIO da Roda. Parece que quando há um avanço rápido demais, haverá um atraso proporcional logo em seguida. Quando há uma demora grande, logo em seguida terá um movimento compensatório de rapidez futuramente. E assim ela vai se equilibrando, compensando os movimentos excessivos…

Observarei mais essa dinâmica em outros assuntos e circunstâncias, tais como no próprio Templo de Afrodite de meus clientes da consulta via internet de Tarot.

Beijãozão nocês…
Yub

A Roda da Fortuna: os bons e os maus imprevistos!

Wheel tarot card meanings

Na sexta passada, saí com A Roda da Fortuna. Meu dia estava planejado da seguinte maneira: já iria começar a todo vapor no novo estágio e à noite ia sair para ver um amigo. Saí de casa, tudo certinho, as promessas mantidas.
Só que chegando no estágio, a chefe não estava. E precisava falar com ela para iniciar as atividades. Tive que ficar esperando, sem poder fazer muita coisa. A equipe me passou algumas tarefas, mas não consegui concluir quase nenhuma; todas apresentaram pequenos percalços e obstáculos. Fora que, a princípio, ia trabalhar o dia todo. Acontece que a coordenadora chegou e adiantou a conversa que eu teria com a chefe. E após isso, me dispensou.

À noite, quando fui sair com meu amigo, inventei de dar um breve cochilo e acordei em cima da hora. Liguei pra ele e disse que ia me atrasar um tanto. Me arrumei com pressa e quando estava prestes a sair de casa, dei uma olhada na janela. Chovia o maior toró. Aí decidi aproveitar a brecha pra me arrumar melhor, comer, por aí vai.

Como meu aparelho celular havia quebrado, pedi a minha mãe para trazer outro. Achei que não ia dar tempo de nos encontrarmos e eu sair já com o celular em mãos. Porém, por causa desse imprevisto, deu tempo. Depois a chuva passou e fui ao encontro do amigo. De início, ficaríamos os dois conversando num barzinho, mas chegou outro amigo e a noite foi super bacana.

Vejam como a programação falhou completamente com a influência d’A Roda da Fortuna no dia. O que era pra ser, não foi ou aconteceu de uma maneira diferente. Pequenos percalços e surpresas surgiram e provocaram alterações no andar da carruagem.

beijo grande
yuri assis

Roda da Fortuna: centramento diante da agitação

Quando você vê uma roda (de carro, por exemplo) girando, parece que apenas as extremidades giram. O centro aparenta permanecer parado.
Nesse simbolismo encontra-se um dos significados mais profundos do Arcano 10 do Tarot: A Roda da Fortuna. Diante de toda a agitação exterior nas atividades do dia-a-dia, é importante estarmos centrados.
E esse centramento implica em serenidade interior perante o agito e movimentação exteriores.
Percebi bem claramente essa questão da Roda da Fortuna na 2a.feira, quando a tirei como Arcano do Dia. Foi o dia em que consegui de forma bem satisfatória progressos na prática da mente alerta e do estar presente no momento presente. Foi SHOW!!
Beijãozão nocês…
Yub

Roda da Fortuna: oportunidades surgem do nada!

A Roda da Fortuna é um Arcano que simboliza rapidez. Um movimento de constante giro está representado nesta Carta. O que simboliza esse ritmo acelerado.
Ontem eu saí com o Arcano 10 como Arcano do Dia. E este veio acompanhado da Rainha de Copas. Então, vivi o conflito entre a demanda de uma atitude mais acelerada (Roda da Fortuna) e um ritmo mais lento e passivo (Rainha de Copas). Como correr e, ao mesmo tempo, ser passivo?
Aí é que tá! Quando vivi um certo evento ontem à tarde, eu percebi como se aliar o que esses Arcanos simbolizam de tão diferente. Porque a Rainha de Copas é um arcano RECEPTIVO. Ela ESPERA. Não age, mas aguarda o momento certo de agir. É um agir que flui, justamente com a oportunidade surgida depois de uma receptividade ao surgimento da mesma.
Quando a Cris teve de sair após o almoço até um determinado local aqui perto de casa, vi esse movimento dela como uma oportunidade para eu aproveitá-lo e fazer o meu movimento no rumo de outro lugar. Ambos eram próximos. Então, me arrumei rapidão e fui com ela.
Ou seja, eu fiquei receptivo à oportunidade de movimentação. Quando esta surgiu, eu fluí com a mesma. E então percebi o outro atributo da Roda da Fortuna: a rapidez. Eu passei no Banco do Brasil e resolvi rapidamente (Roda da Fortuna) as questões que fui fazer ali (pegar o dinheiro via Western Union que uma aluna do curso de astrologia via internet havia enviado para mim).
E isso me surpreendeu (Roda da Fortuna)! Não imaginava que resolveria tudo tão rápido. Costumo ficar no mínimo uma hora lá no Banco do Brasil para tirar dinheiro via Western Union. Fiquei vinte minutos!!! Ou seja, foi rápido (Roda da Fortuna) mesmo!
Da próxima vez, vou esperar sair com a Roda da Fortuna novamente como Arcano do Dia para pegar dinheiro no banco… :-DDD
Beijãozão nocês…
Yub

A Roda da Fortuna: surpreenda-se!

Ontem foi feriado aqui em BH. E o Arcano do Dia que saiu para mim foi A Roda da Fortuna. Sabe quando percebi um detalhe revelador sobre essa Carta? Numa prosa com a Cris.
Percebi, depois de ter falado algumas coisas, o quanto eu tinha mudado uma postura em relação ao dinheiro que eu mantinha de modo negativo há muito tempo. (A Roda da Fortuna veio acompanhada do 10 de Ouros). E isso me surpreendeu! Notei o quanto mudei um hábito negativo de lidar com o dinheiro.
Foi aí que eu notei o teor “kármico” que se atribui à Roda da Fortuna. Porque realmente ela denota uma atitude que pode ter sido herdada karmicamente dos nossos pais – como no meu caso, em relação ao dinheiro. E, por isso, é importante notar os efeitos que tal repetição de padrões familiares (karma) gera em nossa vida, os quais revelam situações que vêm e vão, em ciclos, tal como A Roda da Fortuna apresenta em seu desenho. 
São nesses movimentos oscilatórios da roda do karma que temos a oportunidade de mudar nossos hábitos e não mais repetir um padrão kármico. E isso nos surpreende quando conseguimos essa alteração, essa mudança de postura, de atitude. É esse tipo de mudança que a Roda da Fortuna está revelando.
Foi bem bacana essa experiência de me surpreender ocorrida ontem.
Beijãozão nocês…
Yub