Reflexões sobre Saturno em Escorpião: a responsabilidade de quebrar tabus

escorpião

Saturno vem transitando pelo “famigerado” Signo de Escorpião. Você já deve saber o quanto Escorpião é considerado o “coisa ruim” da Astrologia, não é mesmo?

Não por acaso ele rege tudo aquilo que degrada a sociedade: dinheiro, sexo, poder, violência e manipulação psicológica.

Ou seja, o que é considerado ruim, feio, fedorento, negro e tabu é atribuído a Escorpião. Por isso a Casa 8 (seu domicílio zodiacal) era tão detonada pela Astrologia Antiga. Não se via pelos antigos um pingo de qualidade positiva neste local. Ali se joga todos os detritos, todas as merdas da natureza humana. Escorpião e a Casa 8 = sombra (aquele lado que fazemos de tudo para ignorar, negar, fugir, mas que habita nosso ser mais íntimo; e, pasmem, nos comanda… rsrs).

O detalhe é que Saturno traz tudo à tona. Escancara tudo na prática da realidade do dia-a-dia, nua e cruamente. Ou cruelmente… rsrs

Não por acaso estamos diante de acontecimentos (pessoais, sociais e coletivos) que têm nos assombrado… Cada situação mais sinistra que a outra (tal como prender uma pessoa em um poste e degradá-la ali mesmo).

Não creio que a quadratura Urano em Áries e Plutão em Capricórnio mereça a autoria zodiacal de todas essas atrocidades e insanidades que nossa raça humana vem estampando. Talvez essa quadratura tenha um peso mais sombrio JUSTAMENTE porque Saturno (regente de Capricórnio, o qual faz parte dessa quadratura) se encontra em Escorpião… Mas isso é assunto técnico e não vale a pena gastar muito tempo com isso.

O importante é saber que até o fim de 2014, Saturno estará por Escorpião. Ali ele retornará entre JUNHO e SETEMBRO de 2015.

E é aí que entram algumas percepções e reflexões que tenho atingido.

Quer ler? Então, vem comigo!

Criar intimidade com alguém é dar a ele o poder de nos destruir (SATURNO em ESCORPIÃO)!

Não tem nada mais delicioso, prazeroso e satisfatório do que confiar em alguém, na pessoa parceira, por exemplo. E viver uma relação íntima repleta de confiança e entrega.

Não há nada melhor que um encontro alquímico não apenas de corpos, num sexo intenso e profundo, mas também uma ligação de alma, num vínculo atemporal.

Não há nada melhor que você poder mostrar-se vulnerável ao outro e ser amparado emocionalmente por ele. Saber que ele compreenderá seus medos e oferecerá amor quando você se mostrar frágil e indefeso.

Não há nada mais confortante do que sentir que o outro está com você, para o que der e viver. Você pode pirar, você pode estar mergulhado numa crise abissal. E o outro está ali, numa presença acolhedora e compreensiva, segura e emocionalmente madura, para lhe insuflar ânimo, a fim de que possa renascer mais forte, muito mais forte dessa baita crise.

Não há nada mais delicioso do que estar ao lado do outro sem precisar dizer nada… apenas sentindo a eloquência de um silêncio que não incomoda, muito pelo contrário, mas que os une ainda mais…

Não hã nada mais estimulante do que você e o outro – com quem tem intimidade – perceberem que a cada crise conjugal, sexual, financeira e emocional na relação, vocês dois saem mais unidos, mais ligados, mais apaixonados. E… mais VIVOS!! Para si, para o outro e para a vida!

Isso tudo, minha gente, é terreno da Casa 8 – domicílio de Escorpião. Isso tudo é o que mais ambicionamos conquistar nestes tempos de Saturno em Escorpião. E que mais TEMEMOS obter… Pois é…

Porque chegar neste nível de intimidade, de prazer, de ligação com a pessoa parceira é ATERRORIZANTE… Pois existe um pré-requisito ASSUSTADOR. Sabe qual é?

É este:

RECONHECER QUE A INTIMIDADE CONFERE AO OUTRO O PODER DE NOS DESTRUIR.

Sim, porque o outro conhece nossos pontos fracos. Sabe quais são nossas fragilidades. E, portanto, tem consigo um segredo e tanto… um poder e tanto… Quando se sentir traído, ofendido, abandonado, descartado, ignorado (ou por qualquer outro motivo), ele pode apertar aquele botãozinho ali e explodir a bomba que irá nos aniquilar…

Esse é o risco de entrar num relacionamento íntimo. Esse é o preço que se pode pagar ao se entregar a alguém. Mas sem esse risco, sem a disposição de encarar a possibilidade desse preço ser cobrado, as relações não têm graça. Serão duas crianças brincando de aparências. Aparentam ser um casal. Mas não são. São duas crianças repletas de manhas, de birras, de desejos infantis – os quais as levam a querer dominar o outro, controlar o outro, manipular e mandar no outro. Brincam de quem manda em quem, quem é mais inteligente que o outro, quem é mais rico que o outro, quem é mais amado que o outro.

Então, de duas, uma:

  • Ou vive-se uma guerra fria e silenciosa por controle para manter os muros erguidos na intimidade. 
  • Ou vive-se uma relação incrivelmente forte, intensa, profunda e satisfatória – mas sempre com a possibilidade de uma guerra nuclear ser desencadeada por um dos dois… 

O que você prefere?

  • A constante guerra fria com as fronteiras muito bem delineadas entre você e outro? Coreia do Sul e Coreia do Norte?
  • Ou uma vida íntima sem barreiras mas com o risco de uma explosão ocorrer a qualquer instante?

Eis uma das escolhas que mais angustiará a vida emocional, afetiva, sexual e íntima de todos nós a cada dia durante mais uns dois anos… por conta do trânsito de Saturno em Escorpião…

Beijãozão nocês…
Yub

Casamento gay, fundamentalismo religioso e a suruba cósmica que explica isso tudo!

Olá Pessoas!

Resolvi curtir a onda do meu guru Yub, e trazer alguns fatos cotidianos para analisarmos juntos à luz dos astros. Pois bem, para começar, resolvi falar um pouco sobre o tema que hoje está no topo da parada popular, que é em relação ao público GLBTS (e quaisquer siglas a mais que porventura tenha esquecido aqui).

Bem, para começar, vamos fazer o dever de casa, com uma leitura introdutória, para quem está um pouco fora da órbita terrestre:

É isso aí! Vocês sabem o nome disso? Eu sei! O nome é Plutão em Capricórnio X Saturno em Escorpião. Vocês pensaram que seria só dor e ranger de dentes? Não é não, tem coisas legais como essas também! É a mudança, reestruturação, reformulação (Plutão) das estruturas básicas (Capricórnio) em que algumas regras da nossa sociedade estão assentadas. Principalmente aquelas que fazem valer o ajuste, a estruturação, o enfrentamento (Saturno) das questões ligadas a aquilo que é íntimo, oculto, velado (Escorpião), e da nossa natureza sexual (Escorpião). É isso mesmo! O que eu quero dizer é que a legalização do casamento gay é uma expressão perfeita da combinação desses dois trânsitos.

Mas aí vocês vão me perguntar: mas e essa onda de protestos? E eu vou dizer do mais alto júbilo de adoração pela astrologia: está escrito nas estrelas! Se vocês perceberem, 99,9% dos protestos contra esse movimento têm uma base de argumentação religiosa. E isso tem um nome: Netuno em Peixes. Mas antes de começar a descer o pau neste trânsito, vou apenas ressaltar que ele também está traz um elemento a favor da causa quando traz à tona a importância das questões emocionais, para além das questões sexuais que Saturno traz (até para controlar o efeito suruba). Então é muito claro e muito bacana, ver que um dos argumentos a favor da questão da união homoafetiva é o fato do amor incondicional (Peixes) ser o mais importante, o ideal (Netuno). E de fato cada vez mais vamos nos deparar com essa constatação, de que é o amor que importa, e Netuno e Saturno vão travar um embate legal aí. Por outro lado, esse trânsito de Netuno tem esta faceta meio nefasta que é justamente exarcebar o fanatismo, a fé cega, e viagem sem volta na maionese.

Sem entrar no mérito de quem está certo na questão, o fato é que as ideologias, as crenças, os assuntos ligados ao místico, ao religioso (Peixes) ganham uma nota a mais, um tom fervoroso, utópico, idealista e um tanto fundamentalista sim (Netuno). Netuno tem aquele tom  exagerado. Aliás, Netuno traz tudo em grandes e avassaladoras ondas, num tom de transformação bastante perceptível também. Não á toa com a passagem de Netuno por Aquário, fomos inundados por uma onda inovações tecnológicas que mudou completamente nossa maneira de interagir com o mundo (quem ainda lembra aí do falecido orelhão com ficha, levanta a mão!).  Então as questões netunianas trazem um peso, uma nota meio irracional  para a maneira como lidamos com as questões, e passando por Peixes, a religião entra com tudo.

E aí, mais uma vez, Urano, esse danadinho rebelde, vem dar o tom radical à coisa. Tanto de um lado, quanto de outro, que fique claro. Seja incrementando o ativismo (e principalmente o cyberativismo porque Urano é todo moderninho e high tech), seja tornando as questões mais urgentes, carentes de renovação, revolução. E passando por Áries, traz uma nota ousada, agressiva, intolerante, belicosa, inflexível. E é isso, hoje as questões são radicais, são intempestivas, são ruidosas, de qualquer lado que seja abordada. Urano colocando fogo na coisa toda. Então a porrada realmente vai comer, vai ser o tom das transformações plutonianas, dos enfrentamentos saturninos e dos ideais netunianos. São os quatro cavaleiros do apocalipse! Segura que vai mudar tudo!!

E está só começando, hein minha gente:

(Gente, precisei fazer esse update…)
Namastê!
Cecília Santos
Equipe YUB de Astrologia

Saturno em Escorpião e as previsões sobre o medo da morte para cada Signo!

Tenho percebido que o medo da morte está assombrando por aí… por aqui, por ali… Será o trânsito de Saturno em Escorpião dando as suas caras? Se sim, rolará este medão mais fortemente nos próximos dois anos…

Saturno representa o medo. E mostra que precisamos supera-lo na prática, no dia-a-dia. Como está em Escorpião e esse Signo está associado à morte, à perda, o medo dirige seus olhos para tais temas… o medo da morte, o medo da perda….

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Áries, você provavelmente está com grande medo de perder a pessoa parceira, sua situação financeira, sua segurança emocional… teme que as crises venham limita-lo e castrar seu desejo sexual. Medo de perder o tesão, de perder a intimidade sexual com a pessoa parceira. Medo das dívidas, de que o governo venha bater à sua porta cobrando algum imposto ou taxa que deixou de pagar.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Touro, você provavelmente está com muito medo de perder a pessoa parceira, de que seu sócio morra ou desfaça a sociedade, de que outras parcerias morram.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Gêmeos, você provavelmente está com muito medo de perder a saúde, o emprego, o trabalho.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Câncer, você possivelmente está com muito medo de perder seu filho, de seus projetos criativos minarem, de não ter público nem atenção. Muito medo de perder o prazer sexual, de perder determinado hobby ou diversão.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Leão, você provavelmente está com muito medo de perder o pai, a mãe, os pais ou alguém da família. Ou perder a sua casa, não conseguir se mudar, não conseguir morar em outro lugar.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Virgem, você possivelmente está com muito medo de perder o irmão, a irmã, o colega de estudo, o primo, a prima. Ou perder seus conhecimentos, os movimentos, ou a capacidade de se comunicar, de falar, de escrever.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Libra, você provavelmente está com muito medo de perder sua segurança material, sua estabilidade financeira, seu emprego ou sua saúde. Está com muito medo de perder seus bens, objetos de valor ou suas posses.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Escorpião, você possivelmente está com muito medo de perder a própria vida, de lidar com a vida como um todo, de que seus projetos pessoais sejam impedidos de nascerem e se desenvolverem. Está com muito medo de iniciar qualquer coisa ou de se tornar órfão.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Sagitário, você possivelmente está com muito medo de perder a proteção espiritual, de perder sua fé, sua religiosidade, sua imaginação, sua sanidade. Está com muito medo de não conseguir realizar certos objetivos que marcarão o fim de um ciclo e o início de uma nova fase na sua vida. Está com medo dos términos, de ser abandonado, de perder o que está ou estará gestando nestes dois anos.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Capricórnio, você possivelmente está com muito medo de perder seus amigos ou um amigo especificamente. Está temeroso em não poder realizar certos ideais sociais, determinados projetos futuros. Ou de ser rejeitado por algum grupo, instituição, partido político ou pela própria comunidade.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Aquário, você possivelmente está com muito medo de perder o emprego, o cargo de destaque, a posição de sucesso, a fama, a autoridade, o status, o poder.

Se você tem o Sol ou o Ascendente em Peixes, você possivelmente está com muito medo de perder a fé, o professor, a religiosidade, o contato com seu guia ou alguém do exterior. Está com muito medo de perder sua espiritualidade, sua crença no futuro, seus conhecimentos, seu saber.

Obs.: já venho observando em mim e nas pessoas próximas que quando mais tememos a morte, isso é um grande indício que pressentimos uma baita mudança em nossa vida que está em curso. E o medo da morte representa, no fundo, o medo dessa significativa mudança… Quando nos abrimos para tal mudança, saindo do controle e deixando a vida fluir com seus eternos ciclos de nascimento, desenvolvimento e morte, essa aceitação nos torna preparados para acolher as mudanças e fazermos os devidos movimentos nesse sentido.

Então, faça isto:

Beijãozão nocês…
Yub