(3) Reflexões a partir de SONHOS e SIMBOLISMOS!

Saudações SIMBÓLICAS e ONÍRICAS a todos!!

Continuando a transcrição de trechos do livro da von Franz (O CAMINHO DOS
SONHOS) e a reflexão dos mesmos, aqui está o de hoje:

“Os SONHOS não nos protegem das vicissitudes, doenças e eventos dolorosos da existência. Mas eles nos fornecem uma linha mestra de como lidar com esses aspectos, como encontrar um sentido em nossa vida, como cumprir nosso próprio destino, como seguir nossa própria estrela, por assim dizer, a fim de realizar o potencial de vida que há em nós.”

Eis o que os SÍMBOLOS (sejam astrológicos, numerológicos, tarológicos, cotidianos e oníricos) nos oferecem: uma condução sábia perante os NATURAIS eventos dolorosos da existência.

Lembro-me de quando era novo. Eu gostava de rezar bastante. Achava que, ao rezar, nenhuma coisa ruim aconteceria comigo e com a minha família. E fui percebendo, à medida que crescia, que muitas pessoas buscam a espiritualidade – ou mesmo a Astrologia, a Numerologia e o Tarot – para, na verdade, se protegerem de certas situações inevitáveis da vida: doença, morte/perdas, decepções, desilusão amorosa, etc.

Os SÍMBOLOS podem até nos proteger de vários acidentes de percurso, pois conseguem nos mostrar possíveis resultados de certas decisões e eventos em nossa vida. Ao mudarmos nossa postura, segundo tais indicações SIMBÓLICAS/ONÍRICAS, evitamos tais acidentes. Mas nos imunizar contra a velhice, as perdas, a morte e as doenças inevitáveis (e que fazem parte do processo natural de viver), isso eles não conseguem.

Percebo, por exemplo, o quanto certos clientes chegam até mim com receio de algum trânsito de Saturno ou Plutão sobre algum Planeta Pessoal (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e Marte) de seu Mapa Natal. Têm medo de que seu pai (Sol), sua mãe (Lua), seu irmão (Mercurio), a pessoa parceira (Vênus) e sua vitalidade (Marte) morram (Saturno/Plutão).

O que fatalmente ocorrerá não é possível de ser previsto de maneira exata. Um símbolo possui um leque variado de formas de manifestação prática/vivencial dentro de um específico colorido. Do mesmo modo que SONHAR com dentes caindo. Há mesmo casos de morte física de algum parente após o sonho com dentes caindo. Porém, nem sempre. Muitas vezes, como já ocorreu algumas comigo, esse SIMBOLISMO DE DENTES CAINDO costuma simplesmente denotar que chegou uma fase MUITO PROPÍCIA para a REESTRUTURAÇÃO de nossa vida.

Mudanças significativas e essenciais, as quais abalam com nossas estruturas e seguranças (dentes), estarão ativas. Porém, essa reestruturação do que nos é seguro e nos estrutura/dá estabilidade (dentes caindo) pode ser provocada EXTERIORMENTE por eventos que não têm nada a ver com a morte de algum parente.

Do mesmo modo, um trânsito de Saturno representa também uma fase de reestruturação. Se tal trânsito fizer aspecto com nossa lua, pode indicar a época propícia (trânsito) para passar por um aprendizado (trânsito) voltado para a reestruturação (Saturno) de nossa família (Lua), de nosso lar (Lua), de nossas emoções (lua) e do que nos proporciona um sentimento de segurança (Lua). É uma fase excelente para desenvolvermos (trânsito) mais maturidade (Saturno) emocional (Lua).

Agora, COMO, ou seja, por meio de QUAIS FATOS/EVENTOS EXTERIORES essa reestruturação (Saturno) emocional/familiar (Lua) se processará, só um vidente mesmo para dizer. O SÍMBOLO em si não nos permite decretar e bater o martelo veementemente para dizer que ocorrerá a morte (saturno) da mãe (lua), por meio da qual nos impeliria a assumir mais responsabilidade (Saturno) familiar (Lua) e maturidade (Saturno) emocional (Lua). Há um leque de POSSÍVEIS EVENTOS referentes a esse tipo de aprendizado… mas não há como afirmar qual realmente se manifestará em nossa vida.

Conscientizando-nos de que a fase (simbolizada pelo trânsito de Saturno, por exemplo, aspectando nossa Lua natal) veicula a oportunidade da maturidade (saturno) emocional (lua) por meio de reestruturações (Saturno) emocionais, familiares, domésticas (Lua), procuraremos estar preparados para esse peculiar aprendizado. E seja o que for que ocorrer conosco, nos focaremos na lição maior envolvida nesse evento.

Poderemos, sim, saber que muitos “sintomas” poderão ser sentidos e vividos por nós (referentes a tal simbolismo saturno-lua), tais como a sensação de aprisionamento (Saturno) familiar (Lua), repressão (Saturno) maternal (Lua), bloqueios (Saturno) emocionais (Lua), distanciamento e receio de lidar com (Saturno) nosso lado yin (Lua), nossa mãe (Lua), nossa família (Lua) e nossa carência emocional (Lua).

Abrir esse leque de possíveis sintomas, de acordo com o SIMBOLISMO (onírico, astrológico, tarológico e numerológico), nos permite a conscientização de possíveis efeitos/vivências em determinada fase. E, quem sabe, nos envolvemos – TAMBÉM CONSCIENTEMENTE – num trabalho alquímico e psicológico condizente com opções “mais positivas/construtivas” que se enquadram com o que tal SIMBOLISMO pode significar.

Eis a “linha mestra” citada na frase da von Franz que temos à nossa disposição, a partir do que os SONHOS e os SÍMBOLOS nos fornecem.

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

Reflexões Astrológicas sobre a personalidade de Wolverine!

Ontem assisti o filme X-Men Origins: Wolverine. Fiquei ainda mais impressionado com os aspectos Casa 8 de Logan. Por quê?

Pessoas com a Casa 8 do Mapa Astrológico repleta de Planetas (como considero a de Wolverine) tendem a passar por inúmeras – e impactantes – transformações. Muitas vezes, tais transformações são originadas por perdas: morte, rompimentos de relações íntimas, fracasso financeiro, etc.

Havia atribuído a Wolverine a presença de Saturno/Marte/Urano em Touro na Casa 8. Saturno tende a simbolizar muito do ambiente de nossa família. As repressões e as cobranças familiares/sociais vêm muito do que Saturno representa no nosso Mapa Astrológico.

No filme (se você ainda não assistiu, *** NÃO LEIA o que escreverei daqui em diante ***), Jimmy (o garoto Wolverine) nasce numa fazenda. Depois de abandonar o exército, vive com sua esposa Kayla de maneira simples no alto de uma montanha. E trabalha como lenhador. Após se transformar em Wolverine, ele foge para uma fazenda e ganha o amparo de um casal de idosos fazendeiros.

Esse ambiente em que busca a segurança, a estabilidade, a tranquilidade em um ambiente cercado pela natureza (fazendas) é bem a cara do Signo de Touro. No caso de Wolverine, a suposição astrológica minha é a de que ele poderia ser uma pessoa com Saturno em Touro.

Costumo observar em pessoas com Saturno em Touro a forte ligação com a natureza. Se sentem seguros e estáveis (Saturno) em uma atmosfera natural, simples e em contato direto com a natureza/terra (Touro).

A primeira perda de Jimmy é a de seu pai (que considerava ser seu pai). Logo depois, a de seu verdadeiro pai. E recebe a primeira rejeição quando mata seu verdadeiro pai. Pois sua mãe, naquele instante, o julga uma aberração.

A outra perda de Jimmy, agora chamado de Logan (desde quando entrou para o exército com seu irmão Victor) é a de sua mulher Kayla. Victor “mata” sua esposa.

Depois disso, vem a morte do casal de velhinhos que acolheu Wolverine logo após sua transformação.

Podem ser exemplos de uma possível Casa 8 lotada no Mapa Astral de Wolverine.

Casa 8 e Touro estão bem ligados à expressão violenta da raiva. No caso do Signo de Touro, sai uma raiva muita instintiva e irrefreável quando pressionado ou afrontado na manifestação de seus desejos. No que tange à Casa 8, sai uma raiva explosiva e carregada de ódio em função de vingança mediante perdas e traições. Creio que ambos os casos se adequam à personalidade de Wolverine. E sai com a violência agressiva de Marte. Com a excentricidade/originalidade de Urano. E a estrutura de Saturno. De sua estrutura óssea (Saturno) sai garras (Marte) de modo surpreendente, inesperado e bem excêntrico (Urano) – que mais tarde serão metálicas (Urano; ou Saturno?), fruto de uma experiência científica avançada (Urano). A implantação do metal Adamantium (Urano) em sua estrutura óssea (Saturno) fez ele ficar mais pesado (Saturno).

Parece que Jimmy/Logan/Wolverine é impedido de criar intimidade e um laço de confiança com as pessoas. Algo súbito (Urano), violento (Marte) e repressor (Saturno) ocorre quando ele cria um vínculo de intimidade (Casa 8).

Lembro de uma cliente, com Urano em Escorpião na Casa 8. Ela namora há quase 10 anos. Era amante do atual namorado e, depois que este se separou da esposa, passou a ser namorada dele. Porém, não casaram até hoje, não falam em se casar e vivem bem assim. Cada um mora na sua casa. Quando um vai dormir na casa do outro, dormem em camas separadas. Nem na mesma cama conseguem dormir juntos. E quer algo mais íntimo do que o que representa uma cama de casal?

Ela e seu namorado, portanto, têm uma ligação de alma e uma química sexual e tanto (Escorpião na Casa 8). Gostam, inclusive, de experimentar coisas diferentes e inusitadas no sexo (Urano na Casa 8). Mas são incapazes de dormir na mesma cama (Urano na Casa 8). Precisam desse distanciamento (Urano) íntimo (Casa 8). Ora passam muito tempo sem fazer sexo e, em outras fases, experimentam muita coisa nova no sexo. Onde Urano se encontra no Mapa Natal há essa tendência: afastamento para haver novidades em encontros/atividades futuras (segundo as questões da Casa em que tal astro se encontra). Além de Escorpião também ter essa tendência de ir com tudo, intensamente, querendo beber até a última gota de algo. E depois que a sede está saciada, se recolhe e necessita se renovar intimamente. Para aí sim se lançar em novas descobertas, em novas pesquisas, em novos riscos em prol de algo mais profundo, mais intenso e vitalizante/transformador.

A Casa 8 também tende a mostrar o tipo de transformações pelas quais passaremos. Ou como reagiremos às crises, transformações, perdas. E ele – supostamente, claro – tem Saturno/Urano/Marte ali.

Suas transformações (Casa 8) vão leva-lo a ter novas metas (Marte), se reestruturar (Saturno) e ganhar ainda mais autonomia (Urano). E reagirá às crises, transformações e perdas (Casa 8) de modo agressivo (Marte), ambicioso (Saturno) e inusitado/inesperado/revolucionário (Urano).

Eis um pouco da personalidade de Wolverine, pelo que vi ontem no filme. Foram justificativas – com alguns exemplos – do posicionamento que inicialmente supus como destaque num possível Mapa Natal desse mutante.

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

Especial Dia das Mães e Revista Personare

Pessoal,

vários artigos – de EXCELENTE qualidade – estão disponíveis na Revista Personare. O tema central: MÃES!

Escrevi o que fala sobre o período atual de cada mãe (segundo seu Ano Pessoal) e como isso pode influir no exercício de seu papel maternal.

Eis o link para a página inicial da revista:

http://www.personare.com.br/revista/canal/mes-das-maes

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

Os empresários do Esoterismo (artigo da ISTO É)

Pessoal,

aqui está o link de uma bela reportagem. Nela, fala-se sobre o PERSONARE.

http://www.terra.com.br/istoe/edicoes/2059/artigo132366-1.htm

Boa leitura a todos!!

Agora vou assistir os jogos dos campeonatos carioca e paulista para observar na prática o que interpretei via Tarot! E, óbvio, torcer para o meu Cruzeiro depenar o Galo!! Parece que será um jogaço, pois ambas as equipes vêm muito bem.

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

Marilia Gabriela e Mulheres que amam demais!

Ontem, eu e a Cris fomos ao Projeto Sempre um Papo. A Marilia Gabriela lançou seu livro (Eu que amo tanto) aqui em BH. Veio para também apresentar a sua peça (Aquela mulher). Tem a direção de Antônio Fagundes. Ele, pela primeira vez, dirige um espetáculo de teatro. O ator (e agora diretor) também esteve presente e participou do evento.

Foi bem bacana. Ela é do mesmo jeito que na TV. Simples, bem humorada e muito inteligente. Fala de uma maneira tão espontânea, tão natural, com um carisma… É uma mulher bastante cativante. Já o Fagundes… parece não ter a mínima paciência com o público. E não faz tipo. É sincero para demonstrar o que o incomoda. Não fica de sorrisinho falso. E tem uma inteligência perceptiva impressionante… Fiquei admirado com a concentração dele em tudo, em cada detalhe que ocorria ali.

Marilia pegou o depoimento de várias mulheres. E escolheu treze delas para contar suas respectivas histórias. Ela falou o quanto tais mulheres tendem a escolher parceiros e relações que, no fundo, sabem que serão difíceis, complexos. Parecem buscar relacionamentos carregados de paixão e sofrimento. E, com isso, “amarem demais.” Pena que o livro tava caro pra caramba. R$78,00!!!!

Ela contou o caso de uma que se relacionou com dois presidiários. Foi para exemplificar o quanto tais mulheres são movidas mais intensamente pela busca do controle. Elas exigem uma segurança acima da média para se relacionarem. A fim de não correrem o risco da perda. Mas, todos sabemos, essa é uma busca impossível. Ou seja, não existe segurança numa relação. Não há como controlar o outro nem a vida que o circunda. Elas, portanto, procuram uma falsa sensação de segurança. E, obviamente (ou seria fatalmente?), acabam se envolvendo num sofrimento e tanto…

Enfim, quem estiver disposto a pagar tal preço, deve ser um livro EXCELENTE!! Pelo menos ouvir a Marilia Gabriela falando sobre ele e algumas questões da vida dela, VALEU A PENA!!

Obs.: ADORO a propaganda que ela faz da importância da Astrologia e de se fazer Terapia. Ela disse que as previsões astrológicas foram fundamentais para ela decidir escrever o livro. Alegou que estava num momento muito propício para esse tipo de atividade (escrever) e assunto (mulheres que amam demais).

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

X-Men, Wolverine e Urano na Astrologia!

Aqueles que acompanham o Blog desde o início vão lembrar de um dos primeiros posts. Falei sobre a associação de nosso lado uraniano com o lado X-Men que cada um de nós possui. Se quiser lê-lo, basta ir nos posts iniciais que o achará.
 
Para escrevê-lo, eu usei o filme X-MEN 3. Havia visto há pouco tempo. Logo quando assisti, fiquei impressionado com as semelhanças vividas pelos mutantes com as pessoas marcadas pelo gen Uraniano (com o Planeta Urano ou o Signo de Aquário em destaque no Mapa Natal). À medida em que escrevia, logo percebi o quanto tais características e comportamentos dos mutantes tinham tudo a ver com a Casa Astrológica que nosso Urano se encontra na Carta Radical.
 
Como estou escrevendo um mini-curso de Astrologia (um curso temático sobre Urano, tal como tenho o referente a Saturno), resolvi assistir os 3 filmes da trilogia no final de semana passado. Eu e a Cris compramos no submarino e nos deliciamos com a sequência – agora assistida com um novo olhar.
 
Aproveitei e anotei vários detalhes que estarão presentes neste novo curso que elaboro. Usarei várias cenas e situações do filme como exemplos da expressão uraniana e da reação que obtemos das pessoas mais tradicionalistas quando damos vazão a essa nossa faceta uraniana. É impressionante… Ou o inconsciente é realmente muito sábio – ou o diretor/roteirista tinham muita consciência do que essa faceta uraniana/mutante representa. Fica parecendo que não foi feito por acaso de tão exato que é. rsrs
 
E na próxima semana, Dia 30/04, será a estréia nada mais nada menos do filme X-MEN ORIGINS: WOLVERINE!
 
 
Obviamente, ficarei antenado para tentar delienar o posicionamento de Urano no Mapa de Wolverine. Pelo que percebi a respeito da personalidade de Wolverine na trilogia X-Men e pelo pouco que li sobre sua história, parece que Wolverine tem Marte em Conjunção com Saturno e Urano na Casa 8. O provável Signo em que se encontra essa conjunção Marte-Saturno-Urano na Casa 8 talvez seja Touro. Afinal, Wolverine é bastante instintivo e se norteia bastante por um apurado faro (facilidade de usar um dos sentidos físicos: o cheiro). Também tem visão e audição superiores a de um humano normal. E o Signo de Touro tem essa aptidão com o uso dos 5 sentidos físicos… 
 
Por que considerei tais possíveis posicionamentos (Marte-Saturno-Urano na Casa 8)?? Aguardarei o filme ser lançado e eu assisti-lo para explicar tais configurações astrológicas.
 
Beijãozão nocês…
Yub


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10CelebridadesMúsicaEsportes

Be Sociable, Share!

A Dinâmica Psicológica Básica de cada Número!!

1
O Zero (0) simboliza a semente por meio da qual pode haver ou não o nascimento de algum conteúdo, de algo que ali estava em potencial.

Com o 1 ocorre o movimento para fora, ocorre o impulso rumo à dinamização externa. Há um jorro de energia Yang, pois a Idéia Primordial aparece. É como o o jorro do esperma: busca fecundar.

Para que haja esse impulso, existe a necessidade de uma qualidade colorida pela coragem, pela ousadia. É a assertividade para extravasar o que havia de potencial no 0.

Esse é o caráter do Número 1.

Conforme a Lei Ocultista do “assim em cima como em baixo”, com o microcosmo refletindo o macrocosmo, aqueles de nós que possuem o Número 1 em alguma posição de nosso Mapa Numerológico, têm como princípio marcante em sua personalidade e em sua vida um impulso que, constantemente, passar por consideráveis renascimentos. Tudo para que possa estar sempre iniciando novos projetos pessoais e gerais, em seu
próprio mundo interior como no mundo exterior, pois seu atributo é o de irromper o novo, o original.

Aqueles de nós que têm em sua simbologia numerológica o 1 presente, são desafiados e impelidos por seu próprio eu interior a desenvolverem sua independência, sua capacidade de escolher seus próprios caminhos, suas próprias metas, se fazendo valer por si próprios. Procuram depender bastante de suas próprias forças e recursos internos, sem depender tanto da ajuda externa.

Está dentro do script existencial de quem é simbolizado pelo 1 buscar desenvolver sua individualidade toda particular de uma maneira ousada, corajosa, assertiva e auto-confiante. Seu grande medo, a ser regularmente vencido, é a insegurança, o senso de se sentir muito estranho, diferente, esquisito, afinal, existe aquele tom de originalidade bastante marcante na alma das pessoas representadas pelo 1.

Assim, com a coragem de se fazer valer por suas próprias forças e recursos, aqueles simbolizados pelo 1 vão desbravando novos territórios, fazendo descobertas preciosas. E abrem novos caminhos aos que vão seguindo atrás, usufruindo dos frutos da coragem
e da ousadia desbravadora dos 1.

2
Então, depois que o movimento se exteriorizou (1), saindo do campo da potencialidade (0), surge, naturalmente, a necessidade de que esse movimento, que essa unidade, se multiplique, se espalhe.
 
Após após saída (1) da inconsciência (0), após a Queda do Paraíso, somos levados a
trilhar o caminho de volta para Casa nesta jornada evolutiva,  a fim de que retornemos ao Pai (10), só que dessa vez conscientes.

Daí a etapa natural da divisão do 1 no 2, do surgimento da dualidade para gestar (2) a Mônada e haver o nascimento da diversidade (3) logo em seguida. O Pai (1) encontra a Mãe (2) para gerar o Filho (3). A tese (1) encontra a antítese (2) a fim de alcançar a síntese (3).

 
Assim, as pessoas que possuem o 2 em alguma posição em seu Mapa Numerológico são gestadores, têm em si as qualidades Yin, femininas. São aptas, portanto, a sempre apresentarem um outro aspecto, ponto de vista, percepção, sentimento, opção (dualidade), de modo que haja a união dos opostos em prol de uma complementação útil,
produtiva e evolutiva.

Nesse processo de conciliação de dicotomias internas e/ou externas, as pessoas que são simbolizadas pelo 2 vão desempenhando sua diplomacia, seu senso de ritmo e de tempo, sua sedução. Com receptividade e persuasão, têm a aptidão de acolher o que o outro apresenta. Compreendem-no, assimilando e gestando o encontro das polaridades no intuito de atingir a união harmonizadora.

 
3
O legal da Numerologia é pegar o significado metafísico, macrocósmico, dos números e trazê-los para o nosso microcosmo, para a nossa vida pessoal e diária.

No caso do Número 3, vimos que ele representa o Nascimento do Filho após o Pai (1) e a Mãe (2) terem se unido. Após a Mônada (1) ter encontrado a Dualidade (2) em si, houve a síntese (3) entre as polaridades, entre a tese (1) e a antítese (2).

Então, o 3 vem representar o nascimento da diversidade, a versatilidade, a ramificação do impulso inicial (1) que foi fortificado a partir da união dos opostos (2).

Daí a personalidade simbolizada pelo 3 precisar de sociabilidade, de expansão, de inteligência comunicativa, de autopromoção através da expressão de seus talentos e dons. Seu carisma público o impele a entrar em contato com os mais variados tipos de pessoas, ambientes e situações, de modo a adquirir experiência nessa Jornada na qual vai irradiando o espírito inspirador.

 
E quando estamos num Ciclo 3, é o momento super-propício para conhecermos os mais variados tipos de pessoas, entrando nos ambientes com espírito aberto, a fim de experimentarmos trocas enriquecedoras. Desse modo, nos inspiramos e inspiramos as pessoas com otimismo, bom humor, inteligência, sensibilidade perceptiva, alegria e versatilidade. E abrmos portas para expressarmos e desenvolvermos nossos talentos, ao
mesmo tempo em que vamos incentivando as pessoas a se amarem, a se expandirem e compartilharem sua natureza luminosa.
4
Depois da expansão do 3, é necessário a limitação, a disciplina, a organização, a cautela
e o senso prático. Porque por meio deles haverá a realização na matéria do Espírito Criador (3) que nasceu da gestação (2) do impulso criativo (1).

Assim como o rio precisa das bordas limitantes das margensm a fim de não dispersar-se e
poder tomar rumo ao Oceano, a gente também precisa da matéria, para que nosso Espírito Criador se expresse praticamente, e, desse modo, continuemos nossa Jornada Evolutiva rumo à Consciência da Totalidade.

Daí que as pessoas simbolizadas pelo número 4 podem se sentir restringidas pela necessidade de tentar realizar de modo prático suas metas. Afinal, os deveres, as tarefas, os relacionamentos, enfim, todo evento precisa de disciplina, de organização, de paciência, de planejamento.

 
Ao mesmo tempo, precisam se amparar em sua gradual estrutura interna e externa, a qual lhe serve de ponto de apoio para, justamente, manifestar no mundo aquilo que veio fazer aqui – e, conseqüentemente, estar abalizada a ser ponto de apoio, de estrutura e de estabilidade à família, às equipes de trabalho conjunto, aos grupos que freqüenta e convive, etc.

Daí que, num Ano Pessoal 4, por exemplo, temos a oportunidade de estruturarmos, organizarmos e trabalharmos gradualmente na realização prática das idéias que
tivemos e das experiências que enriquecedoras que vivenciamos no Ano anterior 3. É uma época que demanda, portanto, assumir maior responsabilidade na efetivação de tais conteúdos experimentados, testados, ampliados, percebidos e compartilhados no ano passado (3).

5
Depois de termos nos estruturado e alcançado uma certa estabilidade (4), é hora de largar um pouco a segurança obtida, de modo que não fiquemos presos e estagnados. Daí a importância do número 5, pois a Vida é movimento, é mudança.

Agora vamos circular e experimentar muita coisa nova, num espírito de aventura, a fim de que possamos adquirir mais experiência sobre a natureza humana e sobre a existência como um todo.

Nesse processo, nossa inquietude, nossa ânsia por uma satisfação maior na vida, bem como nossa curiosidade, nos impelem a ir em busca do novo, em busca de uma amplitude de horizontes internos e externos. Daí o cuidado é para não nos dispersar, precisando, portanto, de uma certa disciplina ao escolhermos certas prioridades nessa expansão existencial, dedicando-nos a elas com concentração em busca de uma profundidade.


Daí que as pessoas simbolizadas pelo 5 são impelidas a vencer o medo da mudança, do novo, tentando sempre esperar pelo inesperado. Ao experimentarem variadas situações e circunstâncias da Vida, adquirem, com isso, uma excelente capacidade para serem agentes catalisadores de mudanças. Pois conseguem apresentar para as outras pessoas novas percepções e atitudes, abrindo-lhes a mente.

E é por isso que numa Fase 5 (seja ele um Ano Pessoal, um Ciclo, um Período, um Trimestre Pessoal, etc.), uma inquietação interna/externa tende a tomar conta de nós. Ela nos impulsiona a ir em busca do novo, de novidades, de experiências mais amplas, significativas, enriquecedoras. Estas nos ajudam a aprender muito a nosso respeito e da vida. É o benefício do movimento de expansão.
6
Depois da experimentação gerada pela curiosidade e pelo impulso libertário (5) que impelem a busca por algo novo e mais satisfatório (5), adquirimos maior experiência de vida, ampliamos nossa percepção do ser humano, do mundo e do processo existencial. (5)

Agora é hora de um maior assentamento, justamente para aplicarmos, na prática (6), o que aprendemos, o que experimentamos, o que viemos a conhecer e nos trouxe mais experiência (5).

Nesse processo de realização (6) daquilo que foi encontrado nas nossas viagens mentais, físicas, espirituais, filosóficas, enfim, existenciais (5), precisaremos de uma dose maior de paciência, de responsabilidade e bom senso (6).

Precisaremos encarar a realidade, tentarmos enxergar as coisas de uma maneira mais prática, o que será difícil, pois toda a experiência que tivemos fez crescer nosso idealismo (6). E queremos mostrar a todos aquilo que consideramos certo e errado, aquilo que achamos ser o melhor (6).

Só que poderemos cair numa tendência nada legal de impor aquilo que temos como ideal de vida. Daí a importância da noção de realidade, das dificuldades naturais existentes em nós, nas pessoas e no mundo. Assim temos melhores condições de realizarmos aquilo que sonhamos, aquilo que idealizamos como sendo o mais justo, o mais correto e o que poderá gerar harmonia nos relacionamentos e na existência como um todo.

E quando nos deparamos com as dificuldades da vida, quando percebemos que ela não era perfeita como queríamos, que nós também não somos, que as pessoas que amamos também não são, que os relacionamentos e as situações existenciais não correspondem às nossas estratosféricas expectativas, podemos descambar para o falso distanciamento. E, com isso, evitarmos a dor das frustrações, tentando ser indiferentes à realidade de nós mesmos, dos outros e do mundo.

E podemos matar todo o entusiasmo que angariamos quando experimentamos o novo e adquirimos maior experiência de vida (5).

A fim de evitarmos esse suicídio daquilo que nos alimentou e nos satifez, é importantíssimo dar valor à paciência, ao planejamento, à compreensão, à compaixão, pois tudo isso será de extrema valia em nossa conduta exemplar – individual mas atuante nos grupos, podendo influenciá-los com o silêncio eloqüente ao mostrarmos em nossa
própria dinâmica existencial o quanto somos fiéis aos nossos ideais. Aos nossos sonhos de como podemos ser melhores, de como nossos relacionamentos podem ser melhores, de como o mundo pode ser melhor.

Aí sim, com essa consciência compreensiva e realista, vamos tentando, gradualmente, tocar o coração e a alma daqueles que compartilham a vida conosco. E insuflar neles, com o nosso exemplo de conduta fiel aos nossos ideais, de que podemos, juntos, tornar o mundo e nossas relações mais harmoniosas, mais justas e mais aperfeiçoadas, gerando
uma união mais nutridora, mais nobre…

E assim é a dinâmica do simbolismo do 6!!

 
7
Depois que nos unimos no número 6, fazendo da convivência com amigos e familiares algo mais gostoso, a partir da compreensão de que os ideais compartilhados são estimulantes para, juntos, tentarmos – com paciência e compaixão – realiiza-los em prol de uma melhoria pessoal/social/humana, passamos a ter contato, no 7, com situações, pensamentos e sentimentos mais profundos.
 
Temos agora de encarar esse lado oculto, não tão perceptível, sutil, de nós mesmos, do ser humano, dos relacionamentos e da Vida. Precisamos, portanto, nos interiorizar e voltarmos para esferas da realidade que são mais internas e profundas. A partir destas, poderemos alcançar níveis de compreensão, de conhecimento e de sabedoria que nos propiciarão uma maior clareza a respeito da alma humana e do processo existencial.

Essa maior clareza dessa realidade mais interna, psíquica, profunda, técnica, íntima de nós mesmos, dos relacionamentos e da existência irá nos impelir a adquirir um maior senso de entrega e de fé na Vida, ou seja, ao Deus interior que está em tudo e em todos, inclusive em nós mesmos.


E alcançar esse nível de percepção nos permite atingir um nível de sintonia e de sincronia com a Natureza, com as Leis e Princípios, com as Verdades Maiores da Vida.
 
Daí poderemos estar abalizados a expressar e a divulgar essas verdades e leis existenciais, especializando-nos em determinadas áreas do saber e enriquecendo-nos com pesquisas que complementam e abalizam muito nossa experiência interior, nossa saberia interna.

Aí não temos mais medo de sermos feridos, mal-compreendidos, traídos, pois estamos em
harmonia com os Ciclos da Natureza, sentindo do fundo da alma nossa conexão com o Todo em tudo e em todos. E isso provoca em nós aquela atitude sincera de abertura e confiança na Vida. Passamos, em cada episódio de nosso existir, a nos entregar a Deus, tornando-nos verdadeiros sábios e não meros conhecedores por apenas termos lido, ouvido
falar, pesquisado…

Com essa luz interior contactada e expressada em nosso existir, podemos iluminar um pouco a vida daquelas pessoas que chegam até nós e nos encontram como obra dos acasos significativos da existência. Eis o toque de Magia presente em cada encontro, relação, situação, ambiente, experiência… pois percebemos a diferença que existe entre ser um erudito/professor e ser um sábio/simples.

 
8
A essência do significado do 8 não é tanto a organização e o empreendimento, mas sim o PODER. Sim. Não é à toa que as pessoas que têm o 8 em alguma posição dentro do Mapa Numerológico, ou estão vivendo um ciclo/ano 8, estão lidando diretamente com o PODER.

Explico-me melhor: primeiro, esse PODER pode ser tanto MATERIAL como ESPIRITUAL. Assim sendo, as pessoas simbolizadas pelo 8 estão aqui para aprender a assumir mais diretamente, mais essencialmente do que qualquer outra, seu próprio PODER INTERIOR, inicialmente.

Esse poder interior a ser conscientizado e bem integrado em nossa psique indica que precisamos aprender a não buscá-lo externamente, seja pelo PODER espiritual, seja pelo PODER da segurança de um cargo público, de um casamento, de bens materiais, de status, de exercer autoritariamente sua força sobre outros, etc.

 
Convém ressaltar que as pessoas simbolizadas pelo 8 muitas vezes entram em contato com a necessidade de contactar seu poder interior através de luta de poder, de dominação/submissão e de controle com os outros: ou querendo dominá-los e controlá-los, ou submetendo-se negativamente ao poder dos outros, fugindo das confrontações.

Assim, as pessoas simbolizadas pelo PODER, ops, pelo número 8, querem, acima de tudo, serem respeitadas, profundamente respeitadas – com essa necessidade acima da m média.

Portanto, essa admiração e esse respeito que tanto buscam estão fundamentados numa necessidade básica: de terem reconhecidos seu poder interior.

Porque essas pessoas têm um poder interior acima da média e, por isso, podem tanto construir ou destruir em larga escala. São pessoas que podem elevar o nível de vida, espiritual e/ou material de muita gente e de muitas instituições – caso queiram, primeiro, assumir seu próprio poder interior e perceber que, mais importante do que querer controlar e dominar a tudo e a todos, é ser detentor do AUTODOMÍNIO.

Esse é o verdadeiro PODER, que pode gerar frutos transformadores para muita gente, principalmente a partir do exemplo de ética e justiça respeitosos irradiados por quem tem o 8 como um de seus números no Mapa Numerológico.

obs.: uma observação técnica – aqueles que têm o 8 em alguma posição do Mapa, principalmente na Expressão (soma das letras do nome), do Destino (soma do dia, mês e ano de nascimento) e do Destino Complementar (dia q nasceu), e não tiverem uma letra de vibração 8 (H, Q e Z) em seu nome completo, precisam batalhar mais ainda para expressarem essa dinâmica e essa lição existencial simbolizada pelo 8 que esboçei aí em
cima.

 
9
Após termos passado por todas as experiências relativas a cada um dos Princípios Universais Básicos (simbolizados pelos números de 1 a 8), chegamos no ponto final dessa jornada: o Número 9!

O 9, portanto, traz em si a Sabedoria acumulada por tantos aprendizados e circunstâncias. Um certo vazio existencial existe na alma do 9 em função de perceber e conhecer a transitoriedade da Vida.

Porém, esse vazio existencial é preenchido pela Compreensão de Saber que a cada fim, existe a possibilidade um novo Ciclo, de uma nova oitava, de uma nova espiral evolutiva. E, assim, com a Sabedoria da Transitoriedade arraigada em sua alma, o 9 se desfaz daquilo que muito lhe serviu nessa jornada mas que na preparação atual para um renascer, já se tornou velho, gasto, inútil.

 
É hora de descartar, de jogar fora, de deixar ir embora o que já está desgastado (a fruta, já
amadurecida, naturalmente cai do galho e vai parar no solo). O tronco, as raízes e toda a estrutura que foi desenvolvida se mantêm, mas as folhas e os frutos que já foram amadurecidos são agora ofertados a quem vem necessitando deles. A Experiência de vida acumulada na alma do 9 é naturalmente ofertada aos que chegam até ele. E as frutas que não vão ser colhidas pelas pessoas que chegam até a árvore, acabarão naturalmente se soltando dos galhos, bem como suas folhas, dando espaço para que novos frutos e novas folhas se desenvolvam num novo ciclo…

É por tudo isso que as pessoas simbolizadas pelo 9 podem estar constantemente envolvidas em fechamentos existenciais, concluindo e terminando determinadas situações e experiências/relacionamentos. E, por isso, detêm o Saber e podem ensinar, do melhor jeito: sendo exemplo de vida.

 
Sabem com propriedade sobre a transitoriedade da existência, pois elas constantemente vivem renascimentos significativos.
 
Assim, as pessoas que têm o 9 em seu Mapa Numerológico podem se considerar como realmente carismáticos, pois com essa característica, possuem a capacidade, a sabedoria e a liberdade de ensinarem a outros, baseados em sua própria conduta existencial, muita coisa a respeito do ser humano, dos relacionamentos e da Vida como um todo.

É por tudo isso que muitas vezes o vazio existencial que essas almas sentem pode ser
preenchido com a compreensão de que as coisas do mundo não vão trazer satisfação profunda, mas que podem ser vividas com sabedoria. Afinal, a semente da eternidade está presente na efemeridade das aparências, das coisas mundanas.

É por tudo isso que o 9 acaba percebendo que está plenamente interligado com tudo e com todos. Estar conscientemente conectado à natureza divina que une a tudo e a todos, gera, pois, uma atitude humanitária e doadora, com significativo desprendimento, objetivando a transmissão de uma Sabedoria Atemporal…


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10CelebridadesMúsicaEsportes

Be Sociable, Share!

Sendo guiado pelos Sonhos, Personare e Abelhas!

Saudações CONDUTORAS a todos!!
Gosto sempre de observar os meus sonhos, principalmente naquelas fases em que preciso tomar uma decisão bastante importante.
Surgiu uma prosa na Voadores sobre a simbologia dos insetos. E o Marco Antônio Coutinho (o Mac) escreveu isto sobre o simbolismo que as abelhas representam:
“A abelha, representa a operosidade, o trabalho em conjunto, também com uma conotação espiritual tradicional.”
Em Novembro de 2007, eu e a Cris fomos ao Rio de Janeiro. Iríamos conhecer os sócios, os funcionários e a empresa que são responsáveis pelo site Personare (http://www.personare.com.br/). O objetivo era discutir o contrato e decidir se faríamos a parceria ou não.
Ficaríamos ali cerca de cinco dias. Na primeira noite na cidade maravilhosa, eu tive um sonho. Ao acordar, logo senti a forte sensação que a cena mais impactante do sonho gerou em mim. Ela me proporcionou uma paz de espírito impressionante… Pra mim, era a comprovação de que aquele sonho me revelava a decisão a ser tomada.
No sonho, eu estava sentado numa cadeira enquanto escrevia num caderno que estava sobre a escrivaninha. Ao redor de todo o meu corpo, havia um halo de luz. Parecia uma aura em torno de todo o meu corpo. E esse campo áurico que me circundava era formado por várias abelhinhas. Parecia um escudo protetor e uma fonte de inspiração.
Quando conheci os sócios, alguns funcionários, a filosofia da empresa e a oportunidade que eles iriam me proporcionar no que tange a trabalhar com a Numerologia, eu fiquei admirado. Eu constatei o quanto há esse trabalho em conjunto, de uma forma que ainda não encontrara em empresa alguma. Essa operosidade de todos me cativou demais da conta.
Logo após a prosa em que discutimos várias cláusulas do contrato e decidimos fazer a parceria, eu contei meu sonho aos sócios. E disse que eu faria parte daquela equipe (abelhas) com o maior prazer.
Beijãozão nocês…
Yub
Be Sociable, Share!

Em harmonia com o nosso momento!

 

Sempre fui fascinado por compreender as causas que movem uma pessoa a agir – ou reagir – de determinada forma perante algum evento. O que leva alguém a se comportar do jeito que se comporta? Por que – diante daquela situação – ela agiu daquela maneira e não de outra?

 

Perguntas como essas foram e são saciadas gradualmente. A cada arte simbólica que conhecia, me apaixonava e sobre a qual me enveredava profundamente. E encontrava respostas. Tais respostas me mostravam os motivos que levam as pessoas a agirem como agem.

 

Porém, além das várias facetas de nossa personalidade, tais causas podem ser vistas nos ciclos que vivemos. E, sinceramente, ainda não encontrei um arte simbólica mais simples, objetiva e exata que a Numerologia para revelar os tipos de eventos e reações presentes na vida de uma pessoa.

 

Como têm notado nos mais recentes posts aqui do Blog, meu olhar cada dia torna-se mais fascinado por essa conexão entre as decisões e ações de uma pessoa e os ciclos que vive. Perceber o quanto uma pessoa encontra-se em harmonia com o seu momento, ao fazer as associações entre suas atitudes e os Números dos períodos que vive, tem sido um exercício muito prazeroso.

 

Uma cliente minha está no Ano Pessoal 9. Ela – desde alguns anos – faz um belo trabalho social/assistencial em instituições de caridade. O seu 3o. Ciclo é simbolizado também pelo 9. Só que neste 2009, parece que seu lado voluntário/humanitário/doador (9) está ainda mais acentuado.

 

Quando um Ano Pessoal é do mesmo número (símbolo numerológico) que um Ciclo de longa duração, como é o caso dessa minha cliente, as dinâmicas associadas a tal número se intensificam.

 

Neste mês de Abril, ela decidiu fazer um trabalho assistencial em outros locais. Foi além dos asilos que costuma visitar. E se envolveu com outras instituições de caridade (9).

 

Como um Mês Pessoal 4 (tal qual o que vive neste Mês de Abril, em função de estar no Ano Pessoal 9) é um ciclo propício para ações práticas e a aplicação de um senso administrativo considerável, ocorreu algo bem interessante com ela.

 

Anualmente um amigo dessa minha cliente lhe doa vários instrumentos, medicamentos e aparelhos hospitalares. Neste mês de abril, ela ganhou uma quantidade ainda maior do que a costumeira. E o trabalho que está tendo para organizar (Mês Pessoal 4) quais entidades filantrópicas estão precisando de quais e quantos desses materiais se acentuou. Suas ações estão voltadas para a administração (4) desses detalhes (4) para que possa organizar e efetivamente (4) doar (9) esses objetos que muito ajudarão as pessoas que vivem nessas instituições de caridade (9).

 

Eis um belo exemplo do quanto ela está em sintonia com o colorido deste momento que vive. Além de merecer todo o nosso aplauso e admiração por gestos humanitários tão comoventes e úteis.

 

Beijãozão nocês…

Yub


Veja quais são os assuntos do momento no Yahoo! + Buscados: Top 10CelebridadesMúsicaEsportes

Be Sociable, Share!

(2) Previsões Tarot – Quem será o Campeão Paulista de 2009?

Chegou a hora de analisarmos os jogos de Tarot para Palmeiras e Santos.

O Palmeiras será o Campeão Paulista de 2009 neste 1o.Semestre de 2009?

Casa 01: DIABO/7 DE COPAS
Casa 02: CARRO/8 DE COPAS
Casa 03: JULGAMENTO/3 DE COPAS
Casa 04: ESTRELA/PAJEM ESPADAS
Casa 05: SOL/4 DE COPAS

Casa 01: Está propício ao Palmeiras nesta reta final do Campeonato Paulista (Casa 1) ambicionar intensamente a conquista (Diabo) do Paulistão ao sonhar alto e ter elevadas expectativas de vivenciar esse ideal (7 de Copas).

Casa 02: Os obstáculos que o Palmeiras terá de enfrentar nesta reta final do Paulistão 2009 (Casa 2) giram em torno do emprego de sua vontade para avançar com tudo no rumo do que quer conquistar (Carro) enquanto procura reconstruir-se e superar as frustrações e decepções sofridas (8 de Copas).

Obs.: Talvez o grande desafio ao Palmeiras (Casa 2) seja continuar motivado para progredir (Carro) depois da péssima campanha na Libertadores que vem tendo, ainda mais ao empatar em casa com o Sport no meio de semana – o que reduziu suas chances de classificação no torneio das Américas E isso pode ter abalado a equipe. Sem contar que vários titulares estão suspensos com o terceiro cartão amarelo e não jogam este jogo de hoje contra o Santos. Eis o tanto de reconstrução (8 de Copas) que o Palmeiras terá como desafio (Casa 2) para continuar avançando no rumo do que almeja conquistar (Carro).

Casa 3: O desenrolar da trajetória do Palmeiras nesta reta final do Campeonato Paulista (Casa 3) será marcado pela recuperação e pelo renascimento (Julgamento) que gerará a comemoração e a celebração pelos satisfatórios resultados obtidos (3 de Copas).

Obs.: Será, então, que o Palmeiras consegue vencer o Santos hoje e ir à final? Será essa a recuperação, o renascimento surpreendente (Julgamento) que o time viverá e que gerará o clima comemorativo de satisfação (3 de copas)? Afinal, precisa superar a vantagem conquistada pelo Santos no primeiro jogo da semifinal, qdo o time santista ganhou de virada na Vila Belmiro…

Casa 4: O resultado final alcançado pelo Palmeiras nesta reta final (Casa 4) será marcado por uma esperança que projetos futuros serão promissores (Estrela) enquanto sofre as duras críticas e se envolve numa atmosfera de embates (Pajem de Espadas).

Obs.: se o Palmeiras conseguir passar pelo Santos hoje, não ganha o campeonato. E poderá apostar suas fichas no Brasileirão (projetos futuros promissores = Estrela). Afinal, a Estrela na Casa 4 não representa uma vitória presente. Há sim a expectativa de algo promissor futuramente. Portanto, dificilmente o Palmeiras será campeão Paulista de 2009…

Casa 05: O Palmeiras nesta reta final se encontra (Casa 5) confiante no sucesso (Sol), mas passivo e acomodado (4 de Copas) – o que o impede de aproveitar as oportunidades (4 de Copas).

Obs.: Parece que o Palmeiras sofreu o baque dos resultados ruins na Libertadores. E, por mais confiante que possa estar (Sol) contra o Santos, parece insatisfeito e frustrado pelo que não conseguiu aproveitar de oportunidades (4 de Copas) no torneio das Américas – o que lhe atrapalha no Campeonato Paulista.

Então, não sei nem se o Palmeiras consegue chegar à final do Paulistão. Se chega, não aproveita a oportunidade e não ganha o Campeonato Paulista.

Vamos ao Santos!

O Santos será o Campeão Paulista de 2009 neste 1o.Semestre de 2009?

Casa 01: IMPERADOR/8 DE ESPADAS
Casa 02: LUA/8 DE PAUS
Casa 03: RODA DA FORTUNA/RAINHA DE COPAS
Casa 04: PENDURADO/4 DE OUROS
Casa 05: PAPA/7 DE PAUS

Casa 01: Está propício ao Santos (Casa 1) nesta reta final do Paulistão 2009 realizar firme e gradualmente as suas metas (Imperador), com muita organização e determinação (Imperador), enquanto se desvencilha vagarosa e arduamente dos obstáculos (8 de Espadas).

Casa 02: Os obstáculos que o Santos tem de enfrentar nesta reta final do Paulistão 2009 (casa 2) giram em torno das oscilações, temores, preocupações, instabilidades e elevadas expectativas (Lua) que possui, querendo progredir e conquistar a todo vapor, ainda mais depois de muita tensão e espera (8 de Paus).

Obs.: O Santos parece ser o time com mais preocupação, temor e expectativa de vencer este campeonato paulista de 2009… o que poderá gerar oscilações e instabilidades perigosas para o time da Vila Belmiro…

Casa 03: O desenrolar da trajetória do Santos nesta reta final do Paulistão 2009 (Casa 3) será marcado por altos e baixos, surpresas e inesperados (Roda da Fortuna), diante dos quais o Peixe procurará manter a posição satisfatória do que obteve de bom (Rainha de Copas).

Obs.: mais uma vez a instabilidade e a oscilação se fizerem presentes com a Roda da Fortuna, acentuando essa mesma dinâmica da Lua… De todo modo, mesmo diante de todos esses altos e baixos, surpresas e inesperados preocupantes que o Santos passará, parece que consegue manter sua vantagem (Rainha de Copas) contra o Palmeiras e ir para a final… Veremos…

Obs.2 As casas 3 de ambos estão muito semelhantes… estou bem na dúvida de quem segue para a final do Paulistão 2009… fico achando que é o Santos. E que assim conseguirá com talvez um empate no finalzinho do jogo de hoje contra o Palmeiras, e de forma surpreendente. O empate o leva à final… Vamos ver… rsrs

Casa 04: Pendurado/4 de Ouros. Esses dois Arcanos costumam manter a todo custo o que foi conquistado… Eles são paralisantes. Mas preservadores. Desse modo, o Santos talvez chegue ao final desse torneio (Casa 4) fazendo severos auto-sacrifícios (Pendurado) para manter o que já conquistou até aqui (4 de Ouros) – que provavelmente é a vantagem contra o Palmeiras. E pára nisso… não se arrisca mais. Está imobilizado (Pendurado) e com medo de ousar uma empreitada mais ambiciosa – por receio de perder o que já angariou (4 de Ouros).

Obs.: Então, por mais que esteja difícil enxergar quem passará à final, parece que é o Santos. Mas mesmo que passe, não será o campeão paulista de 2009.

Casa 5: O Santos encontra-se encarando essas finais (Casa 5) com muita fé, acreditando no seu esquema tático e nas vantagens do regulamento (Papa) ao enfrentar muitos obstáculos e parecer que não conseguirá vence-los (7 de Paus). Mas estes tendem a ser transponíveis (7 de Paus), apesar de algumas perdas aparentes (7 de Paus).

Obs.: Será que aqui, mais uma vez, fica evidenciado o empate do Santos no último instante do jogo de hoje contra o Palmeiras e, com a ajuda do regulamento (o empate lhe favorece e lhe lança automaticamente na final do Paulistão) – Papa – consegue superar os obstáculos das perdas aparentes (7 de Paus)??? Veremos… rsrs

Bom, então, parece que a final do Campeonato Paulista será entre São Paulo e Santos. E o Tricolor Paulista será o Campeão de 2009!!! A sorte está lançada… rsrs

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!