Tarot: Adivinhação ou Autoconhecimento?

Saudações TAROLÓGICAS a todos!!

Lembro-me de quando comecei a estudar o Tarot.
Tinha horror à hipótese de jogá.lo. Não admitia
essa possibilidade. Queria, isso sim, usar o
Tarot como autoconhecimento. Enchia a boca pra
falar assim:

– O Tarot é uma ferramenta para autoconhecimento!

Além de tudo, era chique fulminar o uso ORACULAR
do Tarot. Acabava colocando os Tarólogos que
usavam o Tarot para adivinhações num patamar
inferior. Sem contar o deboche e a ironia que
escorriam de minhas farpas verbais contra os
mesmos, justamente por fazerem um uso tão
“degradante” do Tarot.

Ôhhh bobagem… Quanta pretensão e quanta
inexperiência de minha parte…

Com a prática, fui percebendo que é IMPOSSÍVEL
dissociar a faceta ORACULAR do Tarot da voltada
para o AUTOCONHECIMENTO. Usar o Tarot para
adivinhação e para nos conhecer melhor é
INEVITÁVEL e totalmente natural. Uma não vive sem
a outra. Acontecem JUNTAS.

Então, se, por exemplo, o Arcano O CARRO sai na
Casa 03 do MÉTODO MANDALA, a presença dessa Carta
aí vai nos permitir tanto ADIVINHAR (uso ORACULAR
do Tarot) posturas e situações que viveremos,
quanto nos oferecer informações sobre nós mesmos
e nosso atual momento existencial a nível de
aprendizado e comunicação (Casa 03) – o que nos
permitirá nos conhecer melhor (nos permitindo
maior AUTOCONHECIMENTO).

Nesse mesmo exemplo, poderemos ADIVINHAR que
estaremos buscando conquistas e progressos (=
Carro) intelectuais e comunicativos (= Casa 03).
E, por isso, poderemos nos enveredar de maneira
dinâmica e corajosa (Carro) em algum estudo (Casa
03) ou em algum curso de oratória (Casa 03).
Poderemos ADIVINHAR que, provavelmente, estaremos
mais impulsivos (Carro) e agressivos (Carro) ao
nos comunicar (Casa 03).

Essas ADIVINHAÇÕES estarão mostrando aprendizados
importantes para nós vivenciarmos durante o tempo
de validade desse MANDALA (segundo os Arcanos que
saíram neste Jogo).

Em outras palavras, será um momento muito
importante para entendermos melhor nossas
resistências, bem como nossas motivações a nível
intelectual e comunicativo (Casa 03), no sentido
de averiguarmos, por exemplo, quais os medos, as
defesas, as resistências, as intenções e os
estilos que estamos vivendo para canalizarmos
esses progressistas e dinâmicos impulsos (Carro)
intelectuais e comunicativos (Casa 03) em nossos
estudos, aprendizados, diálogos, escritos e
conversas (Casa 03).

Estaremos, portanto, abertos a nos conhecer
melhor, ao observar nossa postura a nível
intelectual e comunicativo nesta época em que O
CARRO está ali, em nossa Casa 03 do Mandala.

Cada Arcano que sair em cada CASA do Jogo de
Tarot que estivermos utilizando apontará
belíssimamente para possíveis situações e fatos
(ADIVINHAÇÃO) que poderemos viver, bem como para
aquilo que poderemos trabalhar em nós a nível de
aprimoramento interior/existencial
(AUTOCONHECIMENTO) a fim de, com isso,
aproveitarmos aquilo que o Tarot está nos
mostrando (como reflexo simbólico de nossos
anseios internos).

Por isso, aquele exorbitante preconceito que eu
tinha há alguns anos atrás quanto ao uso Oracular
das Cartas, achando que essa utilização do TAROT
para ADIVINHAÇÃO era uma perda de tempo, uma
inutilidade, uma superficialidade, caiu
vertiginosamente por terra.

Quando resolvi usar o Tarot como Oráculo, me
surpreendi… Percebi que, naquelas
interpretações simples, objetivas e diretas sobre
cada questão abordada, havia também preciosos
conselhos e orientações a mim disponíveis,
bastando-me apenas olhar com mais carinho para os
significados das Cartas que tirei para uso
oracular (para respostas mais diretas sobre o que
vivia).

Nesses conselhos e nessas orientações, podia
mapear minhas fraquezas, meus medos, meus pontos
vulneráveis e meus potenciais diante da questão
focada no JOGO.

Desse modo, esses conselhos e orientações me
serviram para me conhecer melhor. O papel de
ferramenta para autoconhecimento do Tarot estava
desvelado, comprovado. Que beleza… Agora
poderia usar o Tarot com mais afinco, com mais
prazer, com mais freqüência, com mais respeito,
com mais alegria, com mais naturalidade.

Beijãozão nocês…
Yub

Be Sociable, Share!

About YubMiranda

Sou Astrólogo, Numerólogo e Tarólogo. Formado em Filosofia pela PUC/MG (1996-1999) Simbologista e pesquisador da Psicologia Analítica (psicologia junguiana).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

For spam filtering purposes, please copy the number 4724 to the field below: