fbpx

Diário Tarológico: Roda da Fortuna / Rainha de Copas

O que ocorre num dia em que inovação (Roda da Fortuna) se casa com imaginação (Rainha de Copas)? O que surge da união entre movimentação frenética (Roda da Fortuna) e preguiça, quietude e calmaria (Rainha de Copas)? Como aliar pensamentos inovadores (Roda da Fortuna) com visualização em imagens (Rainha de Copas)?
Comecei vivendo esse par na minha meditação, às seis horas da manhã. O ritmo acelerado das ideias e intuições (Roda da Fortuna) era misturado com um estado de receptividade psíquica (Rainha de Copas). O que resultou foi uma quantidade considerável de pensamentos inovadores (Roda da Fortuna) acoplados a imagens (Rainha de Copas) que os descreviam em minha imaginação (Rainha de Copas).
No decorrer do dia, uma mistura de inquietação para lidar com diversas atividades (Roda da Fortuna) e uma vontade de ficar quieto, sossegado, dando asas à imaginação (Rainha de Copas). Foi o que ocorreu quando voltei de ônibus pra casa após ir ao sêbo pela manhã e, nesse trajeto, minha imaginação foi fisgada pelo jeito peculiar e inovador de escrever contos do genial Guy de Maupassant. 
Houve aquele misto de precisar ser rápido na elaboração (Roda da Fortuna) de textos e ideias para realizar as tarefas do dia, com uma postura de ir com calma, fluindo (Rainha de Copas) nesse processo. Alternei momentos frenéticos (Roda da Fortuna) de trabalho com o descanso que nutria minha psique (Rainha de Copas). Com isso, foram gestadas (Rainha de Copas) ideias a serem aplicadas de modo diferente (Roda da Fortuna) quando iniciei a produção/criação de um novo produto de Numerologia para o Personare. 
E, à noite, uma mulher (rainha de copas) – uma amiga queridíssima – me surpreendeu (roda da fortuna) ao me contar que está grávida (rainha de copas). :-))) 
Mais à noite ainda, houve uma Eureka (Roda da Fortuna)! Eu estou envolvido num projeto ousado e revolucionário há alguns anos. Resolvi me abrir, ser receptivo (Rainha de Copas) à alteração de minha maneira de olhar (Roda da Fortuna) para o que venho fazendo na vivência do mesmo. Pronto! Foi o suficiente para vislumbrar uma alteração no desemepnho dele que poderá fazer toda a diferença… Já imaginei (Rainha de Copas) como aplicar essa nova ideia (Roda da Fortuna)… 
Beijãozão nocês…
Yub 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.