fbpx

Flamengo e Escorpião: Campeão Brasileiro de 2009!

Neste ano de 2009, eu me dediquei com mais afinco a observar o Ano Pessoal, os Trimestres e o Mês Pessoal de cada clube do Campeonato Brasileiro. Além, claro, de verificar as questões astrológicas de cada time.
O Flamengo me chamou a atenção nesses estudos. O Clube de Regatas Flamengo foi fundado dia 17/11/1895. É, portanto, um time escorpiano (tem o Sol em Escorpião).
Quem lida com Astrologia sabe o quanto Escorpião simboliza a capacidade de renascer das cinzas. É um ressurgimento dramático, no sentido de enfrentar crises intensas e conseguir sair delas bem mais forte e poderoso.
Vários jogadores do time neste 2009 exemplificaram maravilhosamente bem essa dinâmica “fênix”-escorpiana.
Adriano, o Imperador, retornou da Europa. Sentia-se infeliz morando fora do Brasil, longe de seus amigos e familiares. O clube carioca o contratou e contribuiu para o jogador resgatar sua alegria. Potencial e capacidade, Adriano sempre teve. Faltava esse clima de felicidade. No clube da Gávea, ele conseguiu. Renasceu das cinzas.
Petkovic, foi deixado de lado no início do ano, em seu retorno ao Flamengo. Muitos diziam que ele deveria se aposentar. Ele continuou persistindo, acreditando em si. Começou a ser escalado para o banco de reservas. Passou a entrar nos jogos e, gradualmente, se destacar. Até que, enfim, conseguiu ser novamente titular. E teve desempenhos brilhantes, contribuindo de forma impressionante para a ascensão do clube carioca. Renasceu das cinzas.
Zé Roberto. Chamado de garoto-problema, nenhum time quis contrata-lo. Quase veio para o meu Cruzeiro. Mas não foi efetivada a transação. Ele continuou na Gávea. Com a chegada de Andrade, o jogador recebeu toda a confiança do treinador. Declarou diversas vezes o quanto o técnico foi fundamental para seu crescimento. Quando Adriano não estava em campo, Zé Roberto fazia os gols e era decisivo para as vitórias flamenguistas. Renasceu das cinzas.
Ronaldo Angelim. Quase abandonou os campos em função de uma contusão rara – que por pouco não o levou a amputar uma perna. Mas não desistiu e fez deste ano o ano de sua superação. Fez a profecia se cumprir. Que profecia? A feita no início do ano, quando o Fenômeno treinava na Gávea e todos os flamenguistas diziam que Ronaldo seria decisivo para a conquista do Brasileirão. Acertaram: Ronaldo foi o herói do titulo, fazendo o gol do campeonato. Só errou de Ronaldo: foi o Ronaldo Angelim. rsrs
E o técnico Andrande, heim? Pegou o time lá embaixo na tabela. Depois dos conflitos de relacionamento entre o elenco e o técnico anterior (Cuca), o ex-jogador do Flamengo uniu a equipe e a comandou na escalada rumo ao topo. Teve, nesse processo, também de vencer a crise de ser técnico interino e, qdo efetivado, a desconfiança sobre sua capacidade em função de três partidas seguidas sem vencer. Renasceu das cinzas!
Impressionante esses exemplos escorpianos envolvendo o clube rubro-negro neste ano de 2009… Diante de toda essa força para ressurgir das crises, típica do Signo de Escorpião, o clube foi merecidamente Campeão Brasileiro!!
obs.: Ainda bem que meu Cruzeiro conseguiu, pela terceira vez seguida, a vaga para a Libertadores de 2010. E meu MUITO OBRIGADO aos Atleticanos, por terem guardado essa tão preciosa vaga para nós. Vcs exerceram bem a função de Flanelinhas… hehehe
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.