Jogos Mortais e o 8 de Espadas: libertando-se de nossas armadilhas mentais!

É inevitável… depois que eu vi Jogos Mortais, eu logo que vejo o 8 de Espadas, associo imediatamente a uma armadilha do filme.

Eis algumas armadilhas:

O naipe de espadas é rápido. Simboliza o ar. E o ar não aguenta ficar preso. Mas é justamente numa baita prisão que nos encontramos quando o 8 de Espadas surge em nosso jogo de Tarot.

Não é uma sensação agradável ficar não somente com o corpo atado, mas também com os olhos vendados.

Veja que na Carta, a mulher aprisionada encontra-se isolada, num fim de mundo. Como se não bastasse essa sensação de solidão e de desamparo, ela está imbolizada por tudo quanto é lado. É ela com ela mesma. Assim como cada vítima de Jigsaw.

Imagine um furacão (ar, naipe de espadas) aprisionado? Vê a efervescência que se concentra num só lugar? Esse lugar é a mente. Espadas é o campo mental. São os pensamentos que nos escravizam. De tanto pensar, não saímos do lugar. Ficamos exaustivamente analisando cada situação e escolha. E não conseguimos decidir, nos movimentar no rumo de uma opção.

O 8 de Espadas é a escravidão do pensamento. Aquela ideia compulsiva, aqueles pensamentos obsessivos, aquele ritmo frenético e exaustivo de pensar. Nossa mente não pára de pensar, analisar, averiguar. E nosso corpo pára esgotado, pois há muita energia concentrada dentro dele que não consegue sair, fluir.

Sabe quando a gente dá uma boa caminhada à noite, após um cansativo dia de trabalho? O efeito é sentir a mente arejada.

Por isso, quanto mais estamos submetidos a pensamentos frenéticos e irrefreáveis, mais precisamos movimentar o corpo. Mas, no início, com calma, gradualmente, com leves caminhadas. É o que o 8 de Espadas proclama: aos poucos, você vai se locomovendo paulatinamente e se desvencilhando da armadilha criada por sua mente e seus processos mentais…

Não por acaso um dos significados tradicionais dessa carta diz: você tem vários hábitos e padrões mentais e comportamentais viciantes e que te aprisionam. Libertar-se desses condicionamentos é necessário.

Façamos isso, um passo de cada vez…

Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *