Leleco, os Ciúmes e os Complexos nos fazendo de marionetes

Cada dia constato mais claramente que não temos pôrra de controle nenhum na vida. São os efeitos desse Trânsito de Plutão sobre meu Sol em Capricórnio.

Jung dizia que “não somos nós que possuímos complexos, são eles que nos possuem.”

Você não sabe o que é um complexo psíquico?

Vou te dar dois exemplos. O primeiro deles pode ser visto no personagem LELECO de AVENIDA BRASIL. Sua insegurança é tamanha de ser corno, de ser abandonado por TESSÁLIA, justamente por ele ser mais velho e ela uma mulher bem mais nova e que deixa todos os homens babando por ela, ele é possuído pelo ciúme.

O ciúme não o deixa em paz. O pavor de ver Tessália nos braços de outro, especialmente algum jovem bonitão do Divino, é imenso. Ele fica cego a qualquer lógica. Perde o bom senso. Eis uma reação comum quando um complexo nos possui. Perdemos completamente a sanidade…

Outro exemplo pode ser uma pessoa negra que se sente inferiorizada por não ser branco. Se essa condição de menos valia pega forte para ela, quando ela se depara com alguém na rua, especialmente algum branco, carregando uma revista em que HITLER está estampado na capa, isso pode virar um turbilhão e uma explosão furiosa. E chegar ao ponto de simplesmente atacar e agredir essa outra pessoa que está com a revista na mão. 

Sabe aquele lance de que NÃO É NADA PESSOAL e a gente sente que uma atitude ou reação de alguém foi ABSURDAMENTE PESSOAL CONTRA A NOSSA PESSOA??? E acabamos agindo de um modo insano, quase que possuído por um espírito ruim?

Pois é… se exageramos na reação e fazemos uma merda tão grande que, depois de passado o afã do momento, reconhecemos (nem que seja apenas para nosso travesseiro numa noite escura debaixo do cobertor) o tamanho do engano e erro cometido, fomos possuídos por um complexo psíquico. Mas já é tarde demais… Agora é lidar com as consequências.

No caso de Leleco, passar pelo vexame de ter sido um jumento ciumento sem sentido algum. No caso do negro, ver que ele agrediu gratuitamente o outro só por este estar com uma revista com HITLER na capa. Ele se sentiu ofendido. Achou que o branco com a revista fez isso de propósito, estava provocando-o, dizendo que ele é inferior ao branco.

Por isso vejo que não temos livre arbítrio bosta nenhuma. Somos joguetes de nossos complexos psíquicos. Quem manda na gente são os complexos que nos têm.

A única ferramenta que temos para sair dessa possessão é a CONSCIÊNCIA. Ter cada vez mais consciência desses padrões reativos exagerados de comportamento. E quando eles derem sinal de que estão irrompendo e prestes a nos levar para realizar os seus objetivos infantis e imaturos, é hora de urgentemente tomar CONSCIÊNCIA. E, com isso, não deixar que eles nos guiem, nos direcionem.

Dessa forma, vamos cada vez mais diluindo a força psíquica que eles carregam em si. Porque foram construídos ao longo de muitos anos, talvez mesmo vidas… São muito fortes, estão bem entranhados em nossa personalidade. Mas Davi precisa vencer Golias… para não vivermos presos nas grades dos complexos que nos têm.

Beijãozão nocês…
Yub 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *