Morte, Roda, Julgamento e Torre – Por que nos assustam tanto?

É maravilhoso aprender novas facetas ou aprofundar em certos aspectos dos Arcanos, graças principalmente à prática de jogar o ARCANO do DIA! Como isso nos ensina…

Eu vinha reparando um detalhe que no curso do Nei (Naiff) aqui em BH em Abril ficou mais claro. Nossa reação diante das dinâmicas dA Morte, dO Julgamento, dA Roda da Fortuna e dA Torre é bem definida pelo NAIPE do Arcano MENOR que acompanha uma dessas Cartas…

Percebia em mim que quando os naipes de OUROS e PAUS estavam juntos a esses Arcanos, minha reação era mais natural, mais sabiamente aceitadora. Porque quando esses Arcanos saem representando nosso dia, pode esperar: sua ROTINA ou PLANEJAMENTO irão para o espaço!! 😀

Mas quando saio com esses NAIPES, minha reação a essas mudanças cotidianas são serenas.

– Ok, é necessário fazer isso agora OU isto que estou querendo fazer não terá jeito de ser feito MAS não dá, tudo bem. Então, vamos fazer o que rola de fazer; vamos sair da rotina de boa; esse planejamento não deu certo, então, vamos tentar isso.

Porém, quando os NAIPES de COPAS e ESPADAS saem juntos com um desses Arcanos, aí eu esperneio,
reclamo, fico puto, revoltado, enfim, não reajo bem às surpresas e saídas da rotina…

E aí entra algo bem interessante. Ou melhor, duas coisas.

A primeira é que esses Arcanos assustam tanto, porque indicam MUDANÇA. Algo sairá diferente daquilo que planejáramos ou estava sendo encaminhado QUANDO Torre, Morte, Julgamento, Roda da Fortuna aparecem em nossos jogos de Tarot.

Eles pedem para sairmos da zona do conforto, nos abrir para outras experiências, acolher o novo e os inesperados, enfim, PARAR DE RESISTIR às mudanças.

A segunda coisa é que os NAIPES de OUROS e PAUS aceitam melhor a vida como ela é, a realidade. Por isso nossa reação diante das mudanças e alterações de planos que esses Arcanos de mudança representam é mais lúcida, espontânea, sábia.

Já quando os NAIPES de COPAS e ESPADAS saem, nossa reação é imatura, ficamos frustrados porque as coisas não correrão como desejamos… e não reagiremos bem a esses imprevistos e mudanças.

Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *