O Diabo e as conquistas materiais e a cultura cristã do pecado.

Fico impressionado quando saio com O Diabo como Arcano do Dia. Minha conta bancária recebe mais depósitos de clientes e alunos. Não é à toa que Nei Naiff escreve em sua trilogia sobre a força que esse Arcano possui para realizar suas metas. Quando o tema é sobre questões práticas, profissionais, materiais, então, ele nada de braçada. Está em casa.

E é assim mesmo. O Arcano 15 simboliza esse poder de conquistar mais dinheiro, poder, status, enfim, o prazer associado a questões materiais.

Aí fico aqui pensando… A figura do diabo é carregada de um preconceito religioso de nossa parte. Ele é associado a tentações e a pecados. A igreja – culturalmente falando – ajudou a construir essa imagem a respeito do diabo.

Linkando com seus atributos tarológicos, os quais nos remetem à sua capacidade de desfrutar o prazer da matéria, eu sou levado a enxergar além. Ou seja, a nossa sociedade realmente tem problemas quanto a lidar com o sexo, com o dinheiro, com o sucesso, com o status e com uma posição de poder (Diabo). Porque considera pecado o prazer (Diabo) que essas conquistas carregam em si.

Do mesmo modo que não gostamos de sair com A Morte no Tarot. Porque ela nos remete à palavra morte, ao morrer. E essa reação de aversão ao Arcano – e à sua imagem – reflete nosso medo da morte e a forma ainda imatura como a encaramos…

Enfim, reflexões…

Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *