O Diabo: jogos de poder!

Vamos aproveitar que a Lua está em Escorpião neste dia (e fazendo quadratura com Sol-Marte em Aquário) para falar de uma faceta do Arcano XV. Sobre a tônica desse clima do dia, é só clicar aqui:
Ou seja, é um momento bacana para falarmos sobre jogos de poder! Um deles, bem interessante, é o dos amantes. Quando O Diabo sai no Templo de Afrodite, é impressionante o quanto aquela pessoa que está com esse Arcano em alguma Casa referente a si própria adota a seguinte estratégia.
A pessoa usa de diversos subterfúgios sedutores, tentadores, para fisgar a outra pessoa – e deixá-la simplesmente fascinada por ela.
Sabe aquele lance da mulher que evita transar no primeiro encontro e vai cozinhando o camarada até o cara ficar completamente apaixonado? É uma bela manifestação dO Diabo.
Por quê? Porque o objetivo dO Diabo, ou melhor, da pessoa com essa Carta no Templo de Afrodite, por exemplo, é de deixar a outra pessoa completamente obcecada por ela. Quer conquistar a pessoa de um modo sutil – e poderoso – primeiro. Antes de efetivamente se entregar a um relacionamento com a mesma.
O risco é a pessoa que usa dessas estratégias sedutoras só pensar exclusivamente em si, em seu bel prazer. Em seu bel prazer de CONQUISTA. “Pronto! Consegui deixar essa pessoa fascinada por mim. Eu a conquistei. Ela é minha.” E manter a relação nesse nível. Como se a outra pessoa fosse sua lacaia, sua serva. E ficar nesse nível dominador-submisso de relacionamento.
Como pode notar no desenho desse Arcano, o vínculo é aprisionante. O fascinado se confunde com o fascinador. A vítima vira o algoz. O algoz vira a vítima. E a prisão está decretada. Os jogos de controle-submissão viram a tônica deste envolvimento. O prazer é o prazer do domínio, do jogo sado-masoquista.
Culpa-se o outro por não te largar. Mas esquece-se que você criou o enredo desse drama obsessivo, compulsivo, aprisionador. Eis uma forma de prazer doentia simbolizada pelo Diabo no Tarot. O prazer de dominar o outro e encará-lo como seu lacaio, seu servo, seu dependente.
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.