fbpx

O fim da Lunação de Escorpião. Mudou algo aí?

Eis que estamos no fim da Lunação de Escorpião deste ano de 2010. Amanhã teremos lua nova. E como toda lua minguante é uma fase muito propícia para refletirmos sobre o ciclo vivido desde a lua nova, te pergunto:
– Mudou algo por aí? Teve alguma crise? Se deparou com alguma perda? Teve de se desapegar de um hábito ou de alguma postura diante da vida? Foi difícil reconhecer certos medos e ter de mergulhar no processo de superá-los? Reconheceu alguma vulnerabilidade e chorou? Transmutou com as lágrimas e com o reconhecimento de suas fraquezas? Isso te deu forças para se superar? 
Como se não bastasse essa dinâmica da Lunação de Escorpião, ela caiu (fez conjunção exata) à minha Lua Natal em Scórpio na Casa 8. Tive de lidar com uma crise, encarar um baita medo e trabalhar de forma renovada com minha sensibilidade psíquica. 
E isso afetou minha saúde (o Ascendente da Lunação estava em Virgem e a conjunção sol-lua ocorreu na Casa 2 – posicionamentos astrológicos associados à saúde). Fui até meu homeopata depois de quase seis meses sem passar por ali. E pedi ajuda para lidar com tamanha intensidade e sensibilidade emocionais. Ele aumentou o CH da dose única do meu possível similimum. E tive o mais forte torcicolo de minha vida. Não lembro de ter nenhum nos últimos seis anos.
Escorpião é crise, é sensibilidade psíquica. Escorpião é necessidade de vasculhar seus medos e descobrir saídas corajosas para os mesmos. Escorpião é renascer mais forte ao encarar esses medos. Essa dinâmica tende a ser mais forte nos assuntos da Casa Astrológica em que tal lunação ocorreu em seu Mapa Natal – e nos atributos do(s) Planeta(s) de seu Mapa Astral que fizeram aspectos com essa conjunção lua-sol em Escorpião.
Meus sonhos foram um guia profundamente poderoso para mostrar as minhas resistências em mudar – e o caminho no rumo da autossuperação. Foi bem bacana. 
Tive de aplicar a imaginação de uma forma nunca experimentada em minhas meditações para criar um escudo de proteção psíquica, pois estava sentindo fortemente as emoções e os estados emocionais das pessoas e dos ambientes. Aí que eu percebi a eficiência das técnicas de autohipnose… Tava tudo muito misturado energeticamente. Encontrava-me vulneravel psiquicamente. E isso estava exaurindo minhas energias. 
A prática desse exercício de visualização me ajudou demais a ter uma postura mais lúcida diante do que o outro compartilhava comigo e dos ambientes em que me locomovia. Foi uma libertação essa conquista psíquica. 
E o Rio? Se libertou da influência do poder (Escorpião) paralelo? Venceu uma etapa dessa crise (Escorpião)? E agora, com a lunação de Sagitário que ocorrerá amanhã? O que vem por aí em termos públicos e particulares? Em breve falarei sobre essa lua nova deste Domingo!!
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.