Os Números como mensagens do inconsciente

 
Os Símbolos nos remetem a realidades mais profundas
de nós mesmos e da Vida.

Através das pontes que eles representam, podemos
atravessar uma realidade (a das aparências,
do exterior, dos fenômenos) rumo a uma realidade mais profunda, interna, espiritual, essencial,
holística. É uma travessia que não conseguiríamos
fazer apenas com as qualidades intelectuais.

Os Números – como símbolos – nos remetem a
apreensão de nossa realidade interior/psíquica,
acessando facetas de nosso ser talvez ainda
inconscientes/ocultas (algumas mais, outras
menos).

Desse modo, MUITO PROVAVELMENTE, quando sonhamos
com certos Números, quando somos “perseguidos”
por números tais como o 11:11 do relógio, do
vídeo, da tela do computador, ou outros números
que sentimos afinidade e o identificamos na placa
de nosso carro, no número de nossa casa, no
bilhete do teatro, no cinema, no quarto de hotel,
etc.,

TALVEZ isso possa estar indicando uma mensagem de
nosso inconsciente, o qual nessas circunstâncias
vai chamando a atenção de nossa consciência para
a energia, as qualidades, os aprendizados, os
desafios, os dons do respectivo número que está
teimando em aparecer em nosso existir cotidiano.

Quem sabe as qualidades e as características
desses Números possam se referir a uma
importante fase de nossa vida, na qual estamos
preparados para integrar em nosso todo psíquico
certos aprendizados envolvendo o significado
desses Números??

Daí também a importância de adentrarmos nos
conteúdos de cada Número, conhecendo-os, de modo
a verificarmos se realmente há validade nessa
ressonância entre o “surgimento”, a “perseguição”
de determinados números e a nossa capacidade de
adquirir um nível maior de compreensão e
autoconhecimento sob o fundamento do significado
desses mesmos números…

Beijãozão nocês
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *