fbpx

Psicologizando o Ciclo simbolizado pelo 1 na Numerologia: Por que acidentes?

Há algum tempo venho observando na prática a incidência de acidentes em nossa vida quando passamos por um Ciclo 1. Antes dessa constatação, eu atribuía a possibilidade maior de nos acidentarmos quando vivíamos um Ciclo simbolizado pelo Número 5.  
Em julho deste ano (2009), Felipe Massa, vivendo o 3o.Trimestre simbolizado pelo 1 (num Ano Pessoal 4 e num Mês Pessoal 2), sofreu aquele acidente.
E agora foi a vez do golfista Tiger Woods (nascido dia 30/12) se acidentar (no dia 27/11/2009). Ele vive o Ano Pessoal 8, o 4o.Trimestre simbolizado pelo 1 e o Mês Pessoal (em Novembro) também representado pelo Número 1.
Um Ciclo 1 é uma época para sermos mais dinâmicos, a fim de acelerar nosso ritmo para vencermos os desafios. Demanda-se coragem e espírito de iniciativa. Um dos objetivos é nos afirmar com mais criatividade e tocarmos nossos projetos com muita disposição. E, com isso, renovar nossa vida.
Se exageramos nessa aceleração, o risco de acidentes aumenta. Como costumo ler os eventos do dia-a-dia como mensagens de nosso inconsciente, fico aqui matutando se Felipe Massa não queria chegar rapidamente à conquista de seus objetivos (1) e, por esse “excesso de velocidade”, acabou atraindo/causando o acidente. Este veio como um sinal do inconsciente: “Calma! Avance, mas não de forma tão acelerada, impulsiva, brusca.”
Será que poderíamos dizer o mesmo para o Golfista Tiger Woods? Será que ele estava num ritmo alucinante, cheio de projetos e desafios, exagerando nesse dinamismo autoafirmativo? E o acidente veio pedir que avance com mais sabedoria?
Não sei se era isso mesmo o que a Vida queria dizer para Felipe Massa e/ou para Tiger Woods. Mas que a reflexão (compatível com a simbologia do 1 em um ciclo) faz sentido, isso faz. rsrs
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.