Saturno em Escorpião: agora o bicho vai pegar!

Olá Pessoas!

Após um longo e tenebroso inverno estou de volta para falar de um assunto quente: a passagem de Saturno em Escorpião! Quente? Saturno? É o que vocês devem estar perguntando… e eu respondo: claro Pessoas, Saturno, mesmo gélido, é sempre efervescente!


Para entendermos melhor isso, é preciso explicar uma coisa sobre a natureza deste planeta. Todos costumam temer Saturno. Compreensível. Onde este planeta está, somos testados, desafiados, tentados. Saturno nos chama ao ajuste, ao aprendizado, ao enfrentamento. Fala de limites. E aí, quando pensamos em limites, imediatamente pensamos em repressão. Só que não. Limites podem ser restringidos, mas também podem ser ampliados. Dessa forma, Saturno nos traz uma efervescência numa determinada área. Um tema que muitas vezes preferimos ignorar, mas que de repente vira uma fixação, e nos deixa obcecados  querendo entender, enfrentar, cavucar, conhecer, e aí ajustar estes limites seja lá em que sentido for. 


Só pra situar, vocês lembra da passagem de Saturno por Libra? Escrevi sobre isto neste post: Saturno em Libra: aprendendo a se relacionar! . 
Durante este período tivemos que olhar, enfrentar, ajustar como nos lidávamos com temas como relacionamento, beleza, justiça. No campo das relações, por exemplo, foi um festival de DRs (Discussão de Relação), separações, crises, reconciliações…

E agora, até 2015, Saturno vai passear em Escorpião, um dos signos mais intensos do zodíaco. Intenso, profundo, devastador. Rege assuntos polêmicos, difíceis de digerir, que ninguém quer tratar: sexo, morte, violência, oculto, dinheiro. Escorpião não deixa barato. É o signo capaz do mais profundo amor e da mais cruel vingança. Nada com ele é mais ou menos. Para começar então, queria me debruçar sobre um tema que já venho percebendo as primeiras influências desse trânsito, o mais polêmica e mais pulsante: sexo! 




Se você acha que com Saturno, teremos “repressão sexual”, saiba que tende a ser justamente o contrário. Já vivemos, há séculos, séculos e séculos em regime de total repressão sexual. Tanto que o tema é tido como tabu. O que Saturno vai fazer – e já está fazendo, e pegar a cara de cada um e esfregar na própria kundalini, dizendo “olha pros seus desejos!”. Então, a partir de agora há uma chance muito grande dos seus hormônios começarem a se descontrolar, e de você começar a sentir um comichão irrefreável dentro das calças. Você vai pensar mais em sexo, querer fazer mais sexo, repensar a forma como faz sexo, querer fazer sexo de tudo que é jeito, forma, qualidade. E não só com seu parceiro não, é com todo mundo, comece a lidar com isso. E como sexo sempre foi um assunto muito polêmico, a tendência agora é que tenhamos um certo frenesi de experimentação até as coisas tenderem a um equilíbrio. Isso, inclusive, vai ser muito sentido principalmente por você, mulher, reprimida por séculos de machismo, vai soltar a devassa que mora dentro de você. Já não é á toa que ancorada num ajuste do padrão de beleza (Libra), começamos a era da “piriguetes”, que são o estereótipo da mulher quer muito sexo sim, obrigada.


E atenção, a bola da vez não é mais relacionamento minha gente! Esquece isso, Libra já foi. O foco sai do outro e volta completamente para nós mesmos e nossas pulsões. O lance agora é visceral, sexual, primitivo, das entranhas. As pessoas vão se juntar, ou podem procurar outra pessoa fora de um relacionamento, não porque o relacionamento vai mal ou elas estão carentes, mas porque elas querem mais sexo, pura e simplesmente. Sem espanto. Não que não vá haver amor, não é isso (afinal Netuno em Peixes está aí pra dosar). Mas sexo vai pesar, impulsionar, determinar. Até porque temos Urano em Áries, colocando fogo na roupa (literalmente). 

Então, para quem está solteiro, é um período propício para muitas paixões avassaladoras e muita sacanagem na vida. Os “namoros” vão se formar, muito a partir do tema química, que será fundamental, uma vez que a libido estará atiçada, sendo testada. Para quem está casado… se com Saturno em Libra, foi a era da DR, com Saturno em Escorpião, está declarada a temporada da trocação de chifres. Porque é isso. Saturno testa os limites. Ele vai querer descobrir o que pode e o que não pode. E aquele sexozinho monogânico de repente vai parecer a coisa mais sufocante do mundo, só porque é um limite a ser testado. Só porque o corpo é seu, o sexo é seu e você vai querer fazer com quem você quiser, e pronto. E como temos aí esse Urano (que rege a tecnologia) em Áries, adivinha qual vai ser o principal meio de pulação de cerca? Um beijo caliente em quem disse Internet!


Vai ser o momento de repensar o peso do sexo no relacionamento. A prova de fogo do desejo. Pode ser inclusive que o sexo suma (perda de interesse pelo parceiro) ou se incendeie completamente. Aliás, para quem quer abrir uma sex-shop, uma casa de suingue, um terma, uma casa de prostituição, agora é a hora!! Todos os feitiches, fantasias e perversões que você pode imaginar estarão na pauta do dia. Todos mesmo! (já reparou como só aumentam os casos de pedofilia?). Protejam seus animais domésticos! 

No campo da sexualidade, esta será o momento de repensar velhos conceitos como posse, desejo, propriedade, volúpia (assuntos bem escorpianos). O tema “monogamia”  vai ser seriamente discutido, repensado ou reconsiderado em função da urgência dos desejos. Assim como a possibilidade da concretização da já iniciada reorganização do entendimento da orientação sexual. Com Plutão em Capricórnio, a instituição “casamento” que já começou a ser mexida desde a passagem de Saturno por Libra, vai ser afetada agora em seu pilar mais estrutural, polêmico e anímico. E teremos que lidar com isso a luz de um Netuno em Peixes que estará aflorando nossa sensibilidade e romantismo. 


Então teremos aí o desafio de aceitar, assimilar, compreender, testar e ajustar os limites da nossa pulsão sexual (que é muito reprimida), num cenário que nos impulsiona a transgredir e inovar de maneira enérgica e ousada (Urano em Áries), buscando reestruturar as estruturas básicas em que estamos calcados (Plutão em Capricórnio), sem perder de vista nossa sensibilidade, amorosidade e romantismo (Netuno em Peixes). E isso tem um preço. Muitas vezes um preço alto, porque vivemos em uma sociedade machista, reprimida e repressora. O exercício da sexualidade está calcado em posturas pouco elaboradas e cercadas de preconceito e o processo que hoje está sendo incitado pela combinação astral dos planetas geracionais, com este trânsito de Saturno, também dá margem para abusos, descontrole, repressão (leia mais sobre esse tema aqui). Olha aí um resultado de Saturno-Escorpião / Urano-Áries / Plutão-Capricórnio: cada vez mais vemos notícias de onda de estupros (exemplos aqui, aqui e aqui).


E isso aí, meus amigos, com Saturno em Escopião, apertem seus cintos porque estão abertos os portões do inferno! E outra coisa, quem tem Saturno regendo o Sol ou o Ascendente, melhor comprar uma bolsa de gelo para esfriar as partes, porque além da libido, o magnetismo sexual vai estar a mil! 


bjocas!

Cecília Santos
Equipe YUB de Astrologia

(Gente, estou divulgando meus blog, façam as honras: Tomate Cru! )

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *