fbpx

Sincronicidades: o asfalto pelo qual a vida pode fluir.

Li esse livro há alguns anos. E hoje tive vontade de escrever a respeito de algo associado ao seu conteúdo. Como gosto de grifar os trechos mais marcantes de cada livro, reli alguns destes do Coincidências: uma aventura guiada pela sincronidade, de Eduardo R. Zancolli.
Porém, o que mais me marcou foi o título do livro!!! rsrs Uma AVENTURA guiada pela SINCRONIDADE.
Puxa, viver seguindo as orientações das sincronicidades é ter uma postura AVENTUREIRA diante da existência.
Veja o que o próprio autor escreveu:
“Diante da sincronicidade/vida, precisamos agir como caçadores de tesouros e investigadores das pistas indicadas pelos eventos que cruzam nossos caminhos.”

Eu AMO os dias em que enxergo a vida com esse olhar de “caçador de tesouros” e investigador das pistas indicadas.
Quando temos essa postura de encarar a vida como uma “aventura guiada pelas sincronicidades”, conseguimos nos libertar do peso da rotina. Porque nosso olhar consegue ver além do rotineiro. E percebe que o rotineiro torna-se mágico, repleto de mistérios e de sinais indicadores das próximas aventuras pelas quais precisamos passar (acho que estou lendo muito Harry Potter).
É aí que entra a maior barreira: o medo do novo, o medo do desconhecido. Porque, muitas vezes, as sincronicidades nos apontam um caminho diferente do costumeiro, do tradicional, do que nos proporciona uma certa segurança. E desenvolver essa receptividade ao que nossa alma almeja demanda muita disponibilidade em ousar. Mas, vale a pena!! Mesmo porque, se não continuarmos nessa atitude de abertura existencial, as coisas travam em nossa vida. E o peso da insatisfação se assenta sobre nossos ombros.
Concluo este post com alguns trechos que traduzem bem o que abordei aqui:

“Tudo aconteceu como se uma força exterior muito poderosa tivesse organizado acontecimentos externos “especiais” para produzir as respostas demandadas pela minha alma.
  Se não mudasse minha atitude, nada aconteceria, já que os acontecimentos não podiam continuar fluindo.
  Olhando para trás, parecia que mudar de atitude era condição indispensável para continuar avançando. Cada passo tem sua lição, e quando ela não é aprendida é impossível continuar avançando. Como se tudo acontecesse dentro de um jogo de dados.
   Se estamos verdadeiramente comprometidos com a realização do nosso sonho, descobriremos que existe uma força poderosa que está além de nós e de nossa vontade consciente, uma força que nos ajuda no caminho, alimentando nossa busca e transformação.”
  
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.