fbpx

TAROT: Aprendendo com os ERROS (final BBB10)!!

Nesta PRIMEIRA PARTE em que procuro compartilhar com vocês os aprendizados dos erros nas previsões que fiz para a final do BBB10, me concentrarei no Tarot. Depois refletiremos na previsão numerológica.
Desde o PRIMEIRO PAREDÃO, o Método de jogar Tarot utilizado foi o PÉLADAN. Eis a disposição das Casas desse Método:

Por mais que cada Tarólogo(a) convencione os significados (ou alguns detalhes de tais significados) para cada Casa de qualquer método utilizado por ele(a), geralmente o Péladan tem estas atribuições:

Casa 1. O que é favorável, vantajoso. O aspecto afirmativo. Os prós.
Casa 2. O que é desfavorável, contrário. Obstáculos e dificuldades. O aspecto negativo. Os contras.
Casa 3. Ação, influência. Próximos acontecimentos. O caminho.
Casa 4. Resultado. Conseqüências. Solução.
Casa 5. Síntese. O sentido de conjunto das cartas.
Na minha prática, tenho observado que a Casa 1 mostra o que está Favorável. Em que sentido? No sentido do que está ATIVO e tenderá a ocorrer na questão abordada.
Obs.: porém, venho conversando com a Luciene Ferreira (minha professora) sobre alguns detalhes dessa Casa 1. Quais detalhes são estes?
Ela tem me mostrado que a Casa 1 costuma indicar uma ação que o consulente procurará empregar na questão abordada. Será o que está ativo no modo de agir do consulente diante do que foi perguntado. (Darei um exemplo de tal aplicação logo abaixo).
A Casa 2, ela atribui um Significado bem diferente do meu. Eu até seguia essa convenção, mas percebi na minha prática que ela não se aplica. Qual convenção?
De que a Casa 2 mostra o significado OPOSTO do Arcano que ali se encontra. Por exemplo: sai A MORTE na Casa 2. O Arcano 13 costuma simbolizar MUDANÇAS, ou seja, um movimento para se cortar o supérfluo e buscar o essencial por meio de MUDANÇAS. Então, quando A MORTE sai na Casa 2, isso quer dizer que na questão abordada NÃO HAVERÁ MUDANÇAS (atributo da Morte negado). Em outras palavras, as coisas ficarão como estão no momento da pergunta ao Tarot. Sem mudanças na mesma.
Em minha prática, venho detectando que a Casa 2 representa um baita DESAFIO A SER SUPERADO pelo consulente na questão abordada. Existe chance de vencê-lo, principalmente se as outras Casas revelam Arcanos com essa disposição.
No mesmo caso em que A MORTE sai na Casa 2, o DESAFIO QUE O CONSULENTE ENFRENTARÁ NA QUESTÃO (Casa 2) será o de MUDAR (Morte). Será difícil e desafiante (Casa 2) mudar (Morte). Mas isso não quer dizer que não haverá mudança de espécie alguma. Há chances… só será difícil pra caramba (Casa 2). Não nega logo de cara o atributo do Arcano, apenas mostra a dificuldade e obstáculos para se viver o que tal Arcano representa.
A Casa 3 indica o DESENROLAR DA QUESTÃO. Como será o desenvolvimento do que foi abordado no Tarot.
A Casa 4 mostra o RESULTADO FINAL DA QUESTÃO. Qual é o fim desta questão, no tempo abordado na pergunta.
E a Casa 5 mostra como o CONSULENTE está REAGINDO e ENCARANDO a questão abordada. Tende a revelar mais a disposição interna (os pensamentos, sentimentos e expectativas) do consulente diante da questão perguntada ao Tarot.
O exemplo que a Luciene me mostrou sobre a influência da Casa 1 no Péladan como atitude do Consulente frente ao processo (Casa 3) e ao resultado (Casa 4) foi o seguinte.
Uma consulente da Lu a procurou para saber se engravidaria, em função de uma trepada de final de semana com um camarada que mexeu muito com ela e que foi irrefreável. Ou seja, ela não tomava pílula e o cara não usou camisinha (“não faça isso em casa”… rsrs):
Pena que a Lu não se lembra do jogo completo (de cada par de Arcanos). Vou lembra-la por e-mail e ver se ela registrou o jogo na época…
Saiu a LUA (fertilidade) na Casa 3 (desenrolar da questão) e A TEMPERANÇA (símbolo da mistura e união: esperma-óvulo/fecundação) na Casa 4 (resultado final da questão).
A Luciene disse que SIM, que ela estaria GRÁVIDA. E assim ocorreu.
Eu, então, perguntei qual Arcano poderia existir na Casa 1 que impediria essa gravidez revelada pela LUA e pela TEMPERANÇA. Ela falou que NENHUM. Ela, inclusive, exemplificou com uma possibilidade. Esta:
Suponhamos que A TORRE aparecesse na Casa 1 deste jogo. Isso mostraria que a consulente estaria disposta a agir (Casa 1) para ruir/quebrar/dissolver (Torre) essa gravidez (questão abordada). Ou seja, que ela poderia ABORTAR (Torre). Porém, isso não negaria o que foi mostrado nas Casas 3 e 4: ELA ESTAVA GRÁVIDA.
Sendo assim, meu foco no BBB10 estava bastante voltado para as Casas 3 e 4, bem como sobre o DESAFIO da Casa 2 (o que poderia contar CONTRA o participante em cada paredão). Seria o obstáculo a superar. Quanto mais preocupante fosse a Casa 2, mais difícil seria para o BROTHER/SISTER escapar do paredão. Foi o que vimos, basta verificar os posts sobre cada paredão publicados aqui no Blog.
Segui essa linha. Mas foi aí que eu dancei. rs Porque a Casa 1 e a Casa 5 parecem ter sido bem influentes na eliminação do Cadu. A sua passividade, timidez e placidez na final (não demonstrou tanta gana em ganhar quanto Fernanda e Dourado) creio que tiveram bastante influência na sua terceira colocação. Ele tinha na Casa 1 (Sacerdotisa/6 ouros) e na Casa 5 (Temperança/9 copas). Sacerdotisa e Temperança ficam esperando demais, acomodadas demais, pacientes demais, passivas demais. E com as duas juntas para mostrar a atitude (Casa 1) e a expectativa de Cadu (Casa 5), mostraram que Cadu cavou a sua própria cova. 
O desafio dele (Casa 2) revelava JUSTIÇA / AS OUROS. A de Fernanda: Força / Cavaleiro Espadas. A de Dourado: Imperador / 7 Espadas. 
Aí foi uma falha minha. Ou seja, a Casa 2 dele estava PIOR (era composta de um par de Arcanos mais fraco) que a dos outros dois finalistas. Porém, só percebi isso depois de ter interpretado. Fiquei muito focado no As de Ouros como auspicioso e esqueci que A JUSTIÇA estava ali. 
E A JUSTIÇA é um Arcano danado… rsrs Revela que a pessoa obterá nada mais nada menos do que aquilo que ela semear, plantar, agir e fazer. Como Cadu só faria ficar proclamando (inclusive no miniblog) humildade, humildade, humildade (sacerdotisa, temperança), acabou dançando. Porque plantou uma humildade passiva e não a humildade que Dourado demonstrou. Por mais que o lutador tinha como desafio (Casa 2) estar determinado a realizar esta ambição (Imperador), ele fez isso com muita esperteza e diplomacia (7 Espadas) na reta final. Não ficou proclamando isso aos quatro ventos. E nem se mostrou retraído, tímido e excessivamente humilde (Sacerdotisa e Temperança) como Cadu ficou. 
Então, eu deveria ter visto essa fraqueza (Casa 1 e Casa 5) de Cadu não dando conta de vencer o desafio (Casa 2) de obter algo mais promissor em consequência de suas atitudes condizentes (justiça / as ouros). Fiquei muito apegado também ao JULGAMENTO / AS PAUS de sua Casa 4. Achei que seria uma reviravolta surpreendente do destino (Julgamento) o crescimento e a vitória (as paus) de Cadu, ao final do programa de ontem (Casa 4). Ainda mais que ele estava em terceiro nas pesquisas de vários sites. Seria A SURPRESA (julgamento)…rsrs mas não foi… rsrs Porque suas Casas 1 e 5 estavam MUITO fracas e não deram conta de plantar algo promissor (justiça / as ouros).
Alguns podem dizer que a Casa 3 dele, com EREMITA / CAVALEIRO OUROS também estava ruim. Inicialmente, também achei isso. Porém, ao comparar com o Péladan do MAX (campeão do BBB9), vi que talvez não influiria tanto (ainda mais com a sua Casa 4 promissora). Veja o Péladan de Max no ano passado:
Casa 01: imperador / 8 paus
Casa 02: pendurado / 9 paus
Casa 03: sacerdotisa / cavaleiro copas
Casa 04: imperatriz / 10 espadas
Casa 05: força / 2 espadas
Uma Casa 3 tão ruim quanto a de CADU. Tinha uma Casa 4 boa (ainda mais se comparada com a de ANA, FRAN – vide BLOG na época; não tanto com a de PRISCILA, a vice-campeã). Porém, MAX tinha uma bela CASA 1 (imperador / 8 paus) – o que não ocorreu com Cadu (sacerdotisa / 6 ouros). 
Foi essa mesma Casa 1 que acavalhou PRISCILA, porque no Péladan dela tinha tais pares de Arcanos:
Casa 01: morte / 4 ouros
Casa 02: justiça / 2 ouros
Casa 03: diabo / cavaleiro ouros
Casa 04: imperador / rainha paus
Casa 05: roda fortuna / 3 copas
A Casa 01 de Pri, com MORTE / 4 OUROS comprova-nos a INFLUÊNCIA SIM do consulente no resultado final de uma questão. Porque, pra mim, IMPERADOR/RAINHA PAUS da Pri na Casa 4 é mais forte que IMPERATRIZ/10 ESPADAS de Max em sua Casa 4. Ambos tinham uma Casa 3 ruim, embora a de Pri fosse mais forte. Mas a força da Casa 1 se fez atuante, porque a de MAX era mais forte. 
Durante o processo (Casa 3), PRISCILA estava na frente de Max (como mostrava as pesquisas, segundo as quais PRI seria a vencedora). Mas ao final, a Casa 4 de Max teve a ajuda da Casa 1 dele, o que não ocorreu com PRI. Ela não confirmou as pesquisas. Mas foi QUASE, porque a diferença percentual foi MÍNIMA!! 
Nessas reflexões, diante dessa influência ou não da Casa 1 no resultado final mostrado pelo jogo como um todo, inclusive pela Casa 4, cheguei a estes pensamentos:
Dependerá MUITO do TIPO DE PERGUNTA que se faz. Porque no caso das perguntas sobre QUEM SERIA ELIMINADO DO BBB em cada PAREDÃO, a Casa 1 não influia. Porém, no tipo de pergunta sobre QUEM SERIA O VENCEDOR do PROGRAMA, a Casa 1 se comprovou influente sobre as outras. 
Assim, parece que será importante detectar na pergunta abordada se seu tipo revela a probabilidade da CASA 1  influir no RESULTADO do jogo de Tarot – ou SE SEU TIPO MOSTRA QUE NÃO. 
Vou praticar mais com ênfase nesta observação para ver mais detalhada e claramente quando a CASA 1 revelará forte influência sobre o resultado do jogo de tarot ou não. 
Quem quiser comentar o que refletiu, percebeu e compreendeu dessas percepções que compartilhei agora, ADORAREI ler e aprender com vcs.
Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.