fbpx

Tarot: Mediunidade ou Estudo?

Saudações REFLEXIVAS a todos!!

Tenho recebido em PVT alguns e-mails. E sabem
qual o teor central dessas mensagens???

Vou apenas transcrever o trecho de uma delas, o
qual retrata a essência de todas. Eis:

“Eu tenho uma amiga, que
geralmente joga pra
mim o tarô, ela ainda é iniciante, e usa muito a
intuição/mediunidade,
assim como eu.

Apesar de ela, quase sempre acertar o que diz, eu
tenho tido dúvidas
de muitas coisas, inclusive da seriedade do uso
do tarô com a
mediunidade. Vc sabe como o tarô funciona?”

YUB: muita gente associa JOGAR TAROT com
MEDIUNIDADE. Talvez pelo fato de que, na grande
maioria das vezes, vemos anúncios de VIDENTES e
CARTOMANTES que jogam o Tarot.

A pessoa sendo VIDENTE, ela é capaz de acessar as
informações a respeito das outras pessoas por
vários meios, sejam os búzios, uma bola de
cristal, as runas e até mesmo as próprias cartas.

E o que costuma ocorrer, na grande maioria das
vezes, é que tais VIDENTES não se dedicaram pra
valer ao ESTUDO do SIMBOLISMO das Cartas. Eles
simplesmente usam OS SÍMBOLOS dos Arcanos do
Tarot como um estímulo para “ativar” sua
VIDÊNCIA.

O Tarot, usado dessa maneira, acaba sendo muito
mais um veículo propiciador de intuições
(VIDÊNCIA) do que propriamente um instrumento a
ser lido, segundo as simbologias presentes em
cada Carta/Arcano.

E, muitas vezes, esses videntes acabam não se
dedicando ao ESTUDO das Cartas, de modo a
adquirirem o CONHECIMENTO SIMBÓLICO dos
significados do SIMBOLISMO dos Arcanos.

Esses videntes usam a mediunidade “ativada” por
intermédio das Cartas para passarem suas
informações, mas não possuem um embasamento
teórico sobre os significados dos SÍMBOLOS
presentes nas Cartas do Tarot.

Aí, qdo a mediunidade deles (como a vidência, por
exemplo) fica nublada por alguns possíveis
motivos, tais como o envolvimento emocional com a
questão abordada ou com a pessoa que está ali
fazendo a consulta, o risco de passar informações
erradas e deturpadas é maior.

Daí a importância de se estudar pra valer o TAROT
como uma LINGUAGEM SIMBÓLICA, compreendendo os
significados dos SIMBOLISMOS dos Arcanos e dos
MÉTODOS de se jogá-los (de acordo com o tipo de
questão abordada: afetiva, profissional,
espiritual, material, etc.)

Assim, estudando o SIMBOLOGIA do Tarot, o risco
de haver uma interpretação capenga e detonada da
leitura das Cartas DIMINUI. E a partir do
CONHECIMENTO dos Arcanos, a possibilidade de
nossa INTUIÇÃO atuar em conformidade com o
EMBASAMENTO TEÓRICO só vem a ACRESCENTAR à
qualidade da leitura tarológica que fazemos.

Muita gente acha que se estudar, acaba perdendo a
MEDIUNIDADE (como a intuição, por exemplo)? Esse
é um medo infundado. A própria Astrologia mostra
isso: A Casa 3 (que representa o estudo, a teoria
e o embasamento intelectual) é COMPLEMENTAR à
Casa 9 (que representa a intuição e a capacidade
de encontrar um significado daquilo que se
estudou e aprendeu teoricamente) .

Então, não matemos nossa capacidade de estudo e
de aprendizagem. Busquemos usar o que aprendemos
intelectualmente JUNTO com nosso poder INTUITIVO,
pois assim não corremos o risco de passar
informações truncadas e confusas a quem nos
procura para JOGAR O TAROT. Muito pelo contrário,
USAREMOS NOSSA MEDIUNIDADE (intuição, vidência,
etc) em COMUNHÃO COM NOSSA INTELIGÊNCIA
INTELECTUAL, NOSSOS ESTUDOS E O QUE APRENDEMOS A
PARTIR DOS MESMOS.

Beijãozão nocês…
Yub

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.